Trocas macabras

Publicado por 9.4.21

 


Sinopse: Castle Rock, na Nova Inglaterra, é um lugar tranquilo para se viver. Mas a chegada de Leland Gaunt desestabiliza a cidade através do preconceito, ódio, fraqueza e cobiça, provocando mortes e sofrimentos. Gaunt consegue isto através de uma loja de utilidades, que sempre tem algo especial para cada morador, que para conseguirem o que desejam pagam um preço simbólico para Leland, além de conceder a ele um simples “favor”.


Autor(a): Stephen King | Editora: Suma | Páginas: 656 | Ano: 2020


Castle Rock é uma cidade pequena como qualquer outra. Sem grandes movimentações, com uma população simples e com intrigas comuns de locais pequenos. Atrito entre vizinhos, disputa rasa por poder entre outras leves desavenças são o suficiente para manter a cidade viva.

Em meio a tanto marasmo, eis que surge uma novidade capaz de reter a atenção até o mais desatento. Uma loja nova e enigmática passa a ser a nova atração da cidade. Ninguém sabe ao certo o que esperar, afinal a placa não diz muito sobre o ramo a que esta loja pertence. Obviamente todo esse suspense serviu para atrair diversos curiosos.

Imagine quão interessante seria se deparar com um lugar que promete ter exatamente o que o você mais deseja, mesmo que você ainda nem saiba qual seu maior anseio.

Leland Gaunt é um astuto comerciante, com uma lábia capaz de convencer qualquer pessoa ao apresentar objetos únicos e perfeitos, exatamente como comprador poderia querer. Há algo estranho, mas o encantamento pelas maravilhas vendidas por este simpático senhor não deixam dúvidas sobre seu bom caráter.

Minha mãe sempre disse que devemos desconfiar do que vem muito fácil. Se os moradores de Castle Rock a conhecessem seriam um pouco mais espertos e desconfiados, mas infelizmente foram facilmente levados pelo deslumbre.

Leland, como um bom negociador, tem todas as cartas nas mangas. Ao oferecer o que o comprador mais deseja, solicita sempre algo em troca, mas se engana quem possa imaginar que este almejava enriquecer. O preço era modesto, desde que acompanhado por um acordo, o de o comprador pregar uma peça em alguém. Algo bobo, uma brincadeira sem maldade.

Uma brincadeira aqui, outra lá e as intrigas que era leves passam a assumir uma proporção catastrófica. Ameaças e consequentemente agressões passam a fazer parte da nova rotina desta pequena cidade, mas a pergunta que fica é: como Leland tem tanto poder sobre as pessoas?

O leitor encontrará nestas páginas descrições sobre situações que beiram a crueldade, outras realmente são bem terríveis. Pessoas e animais inocentes não são poupados, nem mesmo a inocência de uma criança será mantida intacta. Estas descrições são características marcantes das obras do autor, então caso você não esteja acostumado ou prefira algo mais leve, sugiro pular para outra leitura.

Stephen King trouxe para a sua obra o lado obscuro do ser humano, que quando instigado tende a se mostrar insano e vingativo. Nesta narrativa ágil e envolvente, o leitor verá um toque de sobrenatural, afinal Leland não é um simples vendedor manipulador, há mais a se descobrir a seu respeito, mas o caos e a destruição ficarão sob responsabilidade dos humanos normais e reais.


0 comentários

Comentários
0 Comentários