O cérebro da criança

Publicado por 15.3.21


Sinopse: Seu caçula tem um ataque de birra no meio de uma loja? Seu filho em idade pré-escolar se recusa a se vestir? Seu filho mais velho fica emburrado no banco em vez de jogar no campo? As crianças conspiram para tornar as vidas dos pais um eterno desafio! Não – são apenas os cérebros em desenvolvimento deles dando as caras.

 

Autores: Daniel J. Siegel e Tina Payne Bryson | Editora: nVersos | Páginas: 240 | Ano: 2015


A quem não sabe, ou não lembra, eu, Alessandra, tenho um filho de um ano. O motivo dos meus sorrisos e uma das causas do meu primeiro fio de cabelo branco.

Independente da idade, criar um mini ser humano exige dentre tantas coisas, conhecimento. Sim, amor é fundamental, mas compreender as causas que desencadeiam reações de choro e medo, por exemplo, facilita muito na hora de estimular a criança a reagir da melhor forma diante das situações.

"O ritmo de amadurecimento do cérebro é influenciado pelos genes que herdamos, mas o grau de interação pode ser exatamente o que podemos influenciar no trabalho diário de criação de nossos filhos."

Engana-se quem pensa que este livro traz um manual sobre como ter a criança perfeita. Durante a leitura fui percebendo que o objetivo real era contribuir para que a criança tivesse as melhores experiências possíveis, mesmo em situações que podem ocasionar traumas. 

"Crianças falam e compartilham mais quando estão construindo alguma coisa, jogando cartas ou andando de carro do que quando nos sentamos, olhamos diretamente para elas e pedimos-lhes que se abram."

Compreender a forma como funciona o cérebro em constante desenvolvimento dos nossos pequenos, se torna fundamental para que os pais também tirem de si algumas culpas. Nem sempre temos a resposta certa ou conseguiremos utilizar as melhores técnicas criadas por renomados profissionais, mas está tudo bem. Somos os melhores que podemos ser. Culpas, lamentações ou qualquer outro sentimento negativo não ajudarão.

Este é um livro que pode contribuir muito, pois agrega conhecimento sem ser cansativo. Os autores se utilizaram de exemplos simples, claros e capazes de observarmos no nosso cotidiano. Isso facilita muito o entendimento, pois permite que o leitor se reconheça conforme for virando as páginas.

Posso dizer que me sinto preparada para todas as fases que meu filho ainda vai passar? Claro que não, mas me sinto mais segura nas minhas ações, pois agora consigo visualizar melhor o que pode desencadear algumas reações e sei que existem meios de reverter quando for necessário.

Relaxe, não se preocupe em sair decorando cada linha deste livro. Permita conhecer seu filho e se precisar de uma ajudinha vá até as últimas páginas, os autores foram geniais ao criarem um resumo útil e dividido por faixa etária.


0 comentários

Comentários
0 Comentários