Deixei meu coração em modo avião

Publicado por 27.3.20


Sinopse: “Hoje é o dia para você não alimentar expectativas, nem tentar controlar o que não pode, ou se culpar por aquilo que não depende só de você. Desligue o wi-fi do seu coração”Neste livro, a autora do blog “A soma de todos os afetos” mostra porque arrebata seguidores pelas redes sociais. São mais de 2,5 milhões de fãs no Facebook e mais de 150 mil no Instagram.Com crônicas que abordam os amores e as dores da vida real, Fabíola reflete sobre a importância de levarmos uma vida mais leve, de não se cobrar perfeição, de descansar entre momentos apressados, ser gentil com os outros e consigo mesmo.“Deixei meu coração em modo avião. Hoje não quero criar expectativas, controlar o que não posso, me culpar por aquilo que não depende só de mim.”Através do olhar doce e observador, Fabíola reflete sobre como podemos aprender a esperar o momento de agir, da dor amenizar, da ferida sarar e da saudade deixar de doer. Este livro fala ao coração de uma forma única e especial e faz um convite, deixar o coração se acalmar e esperar que a vida te surpreenda.
Autor(a): Fabíola Simões | Editora: Faro | Páginas: 272 | Ano: 2020

Este é um daqueles livros que abraça o leitor, que promove uma sensação gostosa de afago, de compreensão e de esperança.

A autora desenvolveu em seu livro crônicas que se encaixam no cotidiano de muitas pessoas, mas em nenhum momento ela se mostra incisiva ou diz o que é certo ou errado, tão pouco questiona qualquer tipo de decisão, apenas compartilha sua própria experiência e visão dos fatos relacionados a sua própria vida.


"Depois de um tempo, você entende que precisa se agradar em primeiro lugar. Entende que só quem está bem consigo mesmo consegue dar o melhor de si, e por isso não se culpa quando impõe limites, quando não aceita aquele convite, quando diz 'não' àquela solicitação."

Fabíola faz aquele papel de amiga confidente, com diversas histórias de desapego, amor próprio e libertação, daquelas que nos inspiram a gente a querer andar sempre junto e ouvir sempre mais. Uma boa dose de motivação não faz mal a ninguém, não é mesmo?


"Ela sabe de seu valor, de suas lutas e vitórias, e isso lhe assegura que não precisa provar nada pra ninguém. Quem tiver a chance de conhecê-la de verdade vai saber que ela tem suas dificuldades, seus estranhamentos e manias, mas que, acima de tudo, ela não desiste de ser feliz."

Apesar de se tratar de uma narrativa muito leve e descontraída, pronta para ser lida em poucas horas, eu optei por ir com calma. Aproveitei cada momento com este livro como se realmente fosse uma conversa entre amigas, valorizando cada detalhe.

A positividade domina estas páginas e a reflexão é inevitável. Uma forma de ver a vida por outra perspectiva, reconhecendo o poder que temos em relação ao que escolhemos viver, aos vínculos que optamos em manter e nas teimosias que insistimos em seguir.


0 comentários

Comentários
0 Comentários