Bom dia, Verônica

Publicado por 7.11.19


Sinopse: A rotina da secretária de polícia Verônica Torres era pacata, burocrática e repleta de sonhos interrompidos até aquela manhã. Um abismo se abre diante de seus pés de uma hora para outra quando, na mesma semana, ela presencia um suicídio inesperado e recebe a ligação anônima de uma mulher clamando por sua vida. Verônica sente um verdadeiro calafrio, mas abraça a oportunidade de mostrar suas habilidades investigativas e decide mergulhar sozinha nos dois casos. Um turbilhão de acontecimentos inesperados é desencadeado e a levam a um encontro com lado mais sombrio do coração humano.
Autores: Raphael Montes e Ilana Casoy | Editora: Darkside | Páginas: 256 | Ano: 2019

Verônica trabalha para a polícia, ao contrário do que você imaginar, a rotina de trabalho da protagonista se resume em atividades burocráticas e repletas de tédio, nada muito fora do esperado para o papel de secretária, contudo sua curiosidade e instinto a colocarão diante de uma reviravolta em sua vida.

Um dia comum como tantos outros, não fosse a presença de uma mulher nervosa na delegacia. Esta havia sido enganada por um sujeito que só queria o seu dinheiro, porém a envolveu de tal forma que a descoberta sobre a verdade a arruinou e culminou em seu suicídio. Verônica foi a única a prestar atenção nesta vítima, a situação que presenciou lhe despertou uma vontade de ir além do que seu trabalho lhe permitia.

"Depois de alguns anos encostada num cargo de secretária na Polícia Civil do Estado de São Paulo, você começa a aprender as vantagens de ser invisível."

A investigação secreta realizada pela mera secretária guiará o leitor por uma narrativa surpreendente e com personagens misteriosos e marcantes. Aos poucos Verônica se envolverá em uma bola de neve da qual será difícil sair ilesa.

Não espere uma trama policial simples como tantas outras que já tenha lido. Os autores desta história construíram uma narrativa conexa e que explora outros personagens tão interessantes quanto a protagonista.

" - Cuidado princesa, quando você tira tudo de uma pessoa, ela não tem mais nada a perder."

Admito que Verônica não ganhou todo o meu amor, algumas atitudes da protagonista me irritaram e quebraram um pouco o encanto que eu estava criando por ela, deixando um pouco de lado a justiceira inicial para dar espaço a uma pessoa mais inconsequente. Não digo que ela tenha se perdido completamente, vejo apenas que suas qualidades foram exploradas, assim como seus defeitos não foram ignorados, o que a tornou mais humana e real.

O final não me pegou de surpresa, não que eu suspeitasse de tudo desde o início, mas conforme fui conhecendo os personagens pude começar a imaginar o que poderia vir deles, mas isso não pode ser visto como um ponto negativo, ao menos eu não encaro desta fora, afinal, se pude me conectar tão bem às personalidades de cada membro desta história significa que tudo foi muito bem construído. 


5 comentários

Comentários
5 Comentários
  1. adorando esse tipo de thriller que a Darkside anda lançando, já curti mt conhecer mais esse

    ResponderExcluir
  2. Esse livro já está na minha listinha tem um tempo. Quero muito ler.

    ResponderExcluir
  3. Nossa eu amei de verdade, já quero ler, adoro histórias que mudam da hora da outra.

    ResponderExcluir
  4. Eu tô louca pra ler esse livro! Mas primeiro preciso comprar Jantar Secreto do Raphael.

    ResponderExcluir
  5. Nao conhecia esse livro, mas achei bem interessante a sua resenha

    ResponderExcluir