Mulheres na luta

Publicado por 11.4.19


Sinopse: Há 150 anos, a vida das mulheres era muito diferente: elas não podiam tomar decisões sobre seu corpo, votar ou ganhar o próprio dinheiro. Quando nasciam, os pais estavam no comando; depois, os maridos. O cenário só começou a mudar quando elas passaram a se organizar e a lutar por liberdade e igualdade.
Neste livro, Marta Breen e Jenny Jordahl destacam batalhas históricas das mulheres — pelo direito à educação, pela participação na política, pelo uso de contraceptivos, por igualdade no mercado de trabalho, entre várias outras —, relacionando-as a diversos movimentos sociais. O resultado é um rico panorama da luta feminista, que mostra o avanço que já foi feito — e tudo o que ainda precisamos conquistar.
Autor(a) e Ilustrador(a) : Marta Breen e Jenny Jordahl | Editora: Seguinte | Páginas: 128 | Ano: 2019

Com uma abordagem mais direta, descomplicada e sincera sobre os fatos, o livro traz ao leitor uma ótima oportunidade de conhecer acontecimentos importantes para a história, bem como as mulheres que se tornaram fundamentais para que determinadas mudanças acontecessem. 


"Nenhuma mulher pode se dizer livre se não possuir controle de se próprio corpo."

Ao se utilizar de uma linguagem fluida e ótima para o público de leitores mais jovens e que estão iniciando sua trajetória pelo mundo dos livros, esta obra se mostra perfeita para quem gosta de informação, mas não está com muito tempo disponível. Independente da idade, permita-se conhecer um pouco sobre estas mulheres intensas e que de alguma forma deram voz aos anseios de uma parcela da população que vivia calada.


"Se os homens negros conquistaram seus direitos sem que as mulheres negras conquistem os delas...
... os homens se tornarão senhores das mulheres...
... te tudo continuará tão ruim como antes."

Contemple as incríveis ilustrações, mas não se deixe levar pela beleza que as cores podem trazer, pois este livro tem muito a lhe ensinar e ele não medirá esforços para mostrar o quão difícil foi conquistar os direitos que hoje as mulheres possuem. Ah, não esqueça que a busca por igualdade permanece sendo motivo de luta.


"Quem não se movimenta não percebe as correntes que o prendem."

Sem dúvida alguma este livro traz muita beleza à estante, mas veio para provar que é muito mais do que um "rostinho" bonito. Seu conteúdo merece ser apreciado por todo mundo, então é claro que por onde eu for vou recomendá-lo.

Para quem quiser ver mais detalhes sobre a edição é só dar uma passada lá no nosso Instagram @confraria.cultural.


10 comentários

Comentários
10 Comentários
  1. ah adorei conhecer esse livro! to querendo cada vez mais ler livros sobre a luta das mulheres e feminismo,é um assunto super importante

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. amei conhecer o livro, eu ainda não li, mas fiquei bem curiosa

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Esse livro deve ser maravilhoso, todas precisamos nos inspirar nas lutas e vitorias dessas mulheres.
    As mulheres ainda tem muito para conquistar, precisamos de boas inspirações como esse livro que o próprio titulo já é um incentivo.

    Bjinhos,
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir
  5. Esse livro é bastante interessante, é um livro que vai enriquecer muito, pois conta acontecimentos importante envolvendo as mulheres, fiquei bastante curiosa pelo livro é uma obra preciosa, bjs.

    ResponderExcluir
  6. Olha já conheci muitos livros mas esse para mim é novidade Obrigado pela dica

    ResponderExcluir
  7. O livro parece ter uma abordagem interessante, creio que possa contribuir muito para que nós mulheres tenhamos um pouco mais de consciência do que queremos pra nós mesmas!
    Bjs ❤️

    ResponderExcluir
  8. Quero MUITO esse livro pra ler e entender ainda mais como era antes, como é agora e COMO PODEMOS melhorar ainda mais no futuro!

    ResponderExcluir
  9. Ja gostei desse livro so pelo titulo
    JA quero ler

    ResponderExcluir
  10. Esse livro parece ser otimo hein! Ja gostei do titulo

    ResponderExcluir