A garota do orfanato sombrio

Publicado por 9.8.18


Sinopse: Echo Stone acorda suando frio num quarto escuro e desconhecido, sem saber exatamente como foi parar ali. Tentando entender a situação, ela descobre que aquele lugar sombrio é a “Casa do Meio”, um orfanato que abriga crianças e adolescentes. Só tem um problema: Echo não é órfã, seus pais estão vivos! Mas ninguém parece se importar com suas explicações e o único disposto a ajudá-la a fugir dali é Cole. Mas quando a garota consegue voltar pra casa o problema fica ainda pior: uma fita amarela da polícia indica que um crime horrível e violento aconteceu - seu próprio assassinato! Echo está morta e não sabe como isso aconteceu. Desesperada para ter sua vida de volta, ela inicia uma busca para resolver esse enigma e, à medida que cresce a lista de suspeitos, ela descobre que não é a garota boazinha que julgava ser...
Autor(a): Temple Mathews | Editora: Jangada | Páginas: 336 | Ano: 2018

Echo é uma adolescente um pouco confusa, mas também não teria como esperar algo diferente da personagem. Ela acorda em um local totalmente desconhecido, rodeada por outras crianças e adolescentes estranhos e o motivo de estar ali é um mistério, afinal ela tem certeza de que seus pais estão vivos, logo não faz sentido algum estar naquele orfanato longe de sua família que sempre a amou muito.

Sua teimosia faz com que um dos moradores da casa lhe mostre a forma de sair de lá, porém isso não significa que Echo voltará para perto de seus pais, já que ao correr de volta para seu lar ela descobre que algo terrível aconteceu naquela casa. Seus pais choram, há sangue pelo chão e então ela percebe que foi assassinada.

- Ser assassinado é algo pavoroso. Aconteceu com todos nós, da Casa do Meio. A experiência é tão traumática que a consciência da sua alma se estilhaça como vidro, em milhões de pedacinhos.

Engana-se quem imagina que Echo ficará lamentando sua morte. Claro que em alguns momentos o leitor irá se deparar com uma carga emocional maior, afinal estamos falando do drama de uma menina que foi morta e que não descansará até descobrir quem teve coragem de fazer isso a ela, mas isso não significa que a protagonista se torne aquele tipo de personagem que sofre ao extremo e não evolui.

Aos poucos as peças começam a se encaixar, seus novos amigos a auxiliam em todo processo de descoberta e consequentemente ela passa a se libertar do que a prende no orfanato. 

Há suspense nestas páginas, mas não do tipo que proporciona aquela sensação de falta de ar, tão pouco há descrição de crueldade extrema ou qualquer outro elemento comumente encontrado em tramas investigativas onde muitas mortes aconteceram. Então caso você seja aquele tipo de leitor que se impressiona fácil e acaba se afastando de obras deste estilo, saiba que pode ler esta sem receio algum.

Quando soube do lançamento deste livro logo nutri enormes expectativas, mas confesso que esperava algo totalmente diferente do que acabei encontrando nestas páginas. O terror e a tensão deram espaço à uma investigação envolvente e que me deixou emocionalmente abalada. Aquela sensação de medo que eu esperava encontrar, foi substituída por uma vontade de querer consertar tudo que havia dado errado e consolar a pobre Echo.

Li em poucas horas, então posso dizer que a narrativa transcorre de forma descomplicada e leve, mesmo se tratando de uma temática um pouco mais pesada, afinal estamos falando de um orfanato repleto de jovens que foram assassinados e ainda não resolveram algumas pendências.

Sobre o final eu não falarei muito, mas preciso compartilhar um pouco da sensação de impotência que eu senti. Eu criei um final feliz na minha cabeça e não me preparei para a conclusão que viria, então não espere aquele "e viveram felizes para sempre", pois talvez você tenha seu coração compartido como eu tive. Não imagine um final ruim ou repleto de tristeza, mas compreenda que algumas coisas não podem ser modificadas e nem por isso apagam a beleza das últimas páginas.

13 comentários

Comentários
13 Comentários
  1. Caramba, que sinopse! Só ela já me deixou bastante curiosa e ao ler tua resenha, então, minha vontade de ler este livro só cresceu. Saber que o final foi diferente do esperado e que vc preferiu criar o seu próprio desfecho me deixou um pouco apreensiva, afinal prefiro finais felizes, mas com certeza vou procurar o livro para poder comhece-lo.
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, como vaiw Eu gostei bastante dessa resenha, atrecido, que achei super interessante essa resenha, pois eu gostei muito da sua dica

    ResponderExcluir
  3. Tudo bem? Também li esse faz pouco tempo e curti bastante a leitura.
    Fiquei empolgada na sinopse e capa e solicitei da editora. Essa dica eu também repasso. Pois a leitura vale muito a pena.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  4. Nossa vou indicar para uma amiga que ama uma leitura assim, vou comprar de presente pra ela, aprendemos demais com dramas assim.

    ResponderExcluir
  5. Quando vi o titulo não achei que iria gostar tanto da resenha, mas amei sua resenha.
    Esse é o tipo de historia que me prende, amo historias como essa apesar de ser tão triste.
    Não vejo a hora de ler, vou tentar comprar ele ainda essa semana.
    Bjinhos,
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir
  6. que suspense!!
    menina, to curiosa demais agoora pra saber como vai ser o final dessa história
    sem duvida vou ler ele

    ResponderExcluir
  7. Fiquei completamente curiosa em ler o livro só por conta dessa capa maravilinda e misteriosa. Me encantei ainda mais com a premissa, afinal, é bem incomum a personagem principal ser uma adolescente morta que tenta desvendar o próprio assassinato. Quero lê-lo assim que possível e espero admirá-lo tanto quanto você.

    Beijos,
    www.nerdabsoluta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Esse livro me atraiu em tudo, o nome, a capa, a sinopse, sua resenha e mesmo não sendo daquele livro de finais felizes já vou colocar na minha lista de livros que quero ler

    ResponderExcluir
  9. Nunca li esse livro, mas parece ser bem interessante

    ResponderExcluir
  10. Adorei a capa do livro, a história pareceu bastante eletrizante e ele logo entrou para minha lista de desejados.
    Já sei que não vou poder criar expectativas com relação a um final feliz e foi bom você ter avisado, porque eu faço isso sempre. rs
    Obrigada pela dica! Adorei!

    ResponderExcluir
  11. Oi Alessandra,
    Já tinha visto uma foto desse livro em alguma rede social, durante a Bienal do Livro, e a capa e o nome chamaram a minha atenção, mesmo sem saber nada sobre a história. Gostei muito da sua resenha e fiquei intrigado querendo saber mais sobre essas crianças e suas pendências.
    Beijos,
    André | Garotos Perdidos

    ResponderExcluir
  12. Oi! Só pela resenha já percebo um enredo muito sombrio e angustiante, portanto é exatamente o tipo de livro que eu gosto. Achei interessante que mesmo não sendo o que você esperava, a leitura acabou compensando de alguma forma. Finais surpreendentes são tudo de bom, então com certeza vou adicionar à minha lista. Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Achei interessante a resenha, e pelo que li já me interessei pelo assunto, já está anotado o nome, para numa próxima compra de livros comprar! Bjs (•‿•) 💛

    ResponderExcluir