O trem dos órfãos

Publicado por 24.7.18

Sinopse: Quando Vivian Daly, uma senhora de 91 anos, decide se livrar de seus pertences antigos ela acaba recebendo a ajuda de Molly, uma adolescente órfã e rebelde, que está disposta a prestar serviços para não acabar no reformatório. Revivendo cada momento marcante de sua história, Vivian conta para Molly sobre sua família irlandesa pobre que foi de barco para Nova York em busca de uma nova vida e acabou morta em um incêndio. Sendo a única sobrevivente, ela foi levada por um trem com outras centenas de crianças que teriam seu destino decidido pela sorte. Seriam elas adotadas por famílias gentis e amáveis, ou teriam de encarar uma infância e adolescência de servidão e trabalho pesado?
Autor(a): Christina Baker Kline | Editora: Planeta | Páginas: 304 | Ano: 2014
  
Molly é uma adolescente órfã, pelo menos é assim que ele se define, já que não cogita a possibilidade de encontrar sua mãe biológica. Prestes a completar 18 anos, ela se encontra amparada em uma casa onde visivelmente não é bem recebida, porém o dinheiro que o casal recebe para cuidar dela ajuda muito nas despesas da casa.

Já lhe aconteceram tantas coisas ruins em seus dezessete anos, que ela sempre espera por isso. E quando algo dá certo, ela mal sabe o que pensar.

Uma garota tida como um problema, com um ar mais gótico e atitudes um tanto quanto rebeldes, porém apaixonada por leitura. Esta sua paixão misturada com a rebeldia, a colocam em uma situação complicada, já que decidiu roubar seu livro preferido da biblioteca e deverá pagar por isso com serviços comunitários.

A motivação de Molly para cometer tal ato talvez não pareça convincente para algumas pessoas, mas consegui acreditar no que a havia levado a tal situação, principalmente após conhecer mais profundamente sua história que muito se pareceu com a de Vivian, a senhora a quem foi designada ajudar.

Vivian também se considera órfã, porém sua infância e juventude trazem recordações mais duras, pesadas e tristes. Quando menina ela se viu desamparada, solitária e com muito medo do seu futuro, então foi colocada em um trem que passaria por algumas cidades oferecendo os órfãos que ali estavam para os moradores. As descrições destes momentos são de apertar o coração, imagine uma criança com medo sendo avaliada como mercadoria e sabendo que se não fosse bem julgada poderia morrer de fome.

Você tem que aprender a aceitar o que as pessoas estão dispostas a dar.

Os escolhidos tiveram destinos diferentes. Há quem tenha encontrado uma família que realmente queria um filho, porém outros não tiveram tanto sorte e se tornam mão de obra barata. A própria Vivian viu de perto as mais diferentes formas de ser criada, educada e amada.

Este livro possui uma narrativa que intercala o passado e o presente, explorando as lembranças da velha senhora e seus mais profundos segredos, bem como os mais recentes acontecimentos da vida de Molly e suas fragilidades.

A interação entre as duas se dá de forma gradativa. Não espere encontrar uma amizade repentina e louca paixão entre elas. As duas passaram por grandes dificuldades e a desconfiança faz parte de suas trajetórias, porém elas possuem muito a oferecer uma à outra e descobrirão isso conforme suas histórias comecem a se revelar.

Não vejo esta obra como algo que arrancará rios de lágrimas do leitores, mas em diversos momentos trará um misto de sentimentos capazes de provocar comoção, compaixão e aquele desejo para que no final tudo dê certo. Se você procura uma leitura rápida, com um conteúdo envolvente, mas que não irá lhe deixar triste e pensativa, esta é uma boa opção.

8 comentários

Comentários
8 Comentários
  1. boa tarde, como vai? Confesso que ainda nao conhecia esse livro, mas eu gostei bastante da sua dica e resenha. beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá lindeza, eu também não conhecia esse livro porém já tinha ouvido falar da autora e também ja conheço alguns livros da editora.
    Gostei muito da resenha a sinopse bem detalhado , por isso adoro acompanhar as suas postagens. Beijão

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia esse livro. Fiquei curiosa para ler. Pela sua resenha acho que daria uma boa mini série.
    besitos

    ResponderExcluir
  4. Nossa já gostei da sinopse desse livro fiquei com vivonta de ler. Muito boa a sua resenha 😃

    ResponderExcluir
  5. Nossa! Amei a sinopse e tua resenha me fez desejar muito ler este livro. Quero muito!
    Parabéns pela escrita e seleção das passagens, despertaram muito a vontade de ler.

    ResponderExcluir
  6. Leitura forte, uma é o espelho da outra.
    Crianças entregues a própria sorte, isso parece bem familiar...
    A vida sempre imita a arte.
    Gostei do livro.

    ResponderExcluir
  7. A capa me lembrei outro livro mas lendo sua resenha achei o pano de fundo até legal por serem pessoas com uma diferença de idade bem larga e com suas estorest doidas e realmente fica difícil se amarem logo de cara somente mas acredito que no fim tudo fique bem.

    ResponderExcluir
  8. Gosto de livros que intercala o passado e o presente na narrativa, leituras assim que são rápidas é uma boa opção também para depois de uma ressaca literária né? Não conhecia o livro, mas pela sua resenha gostei

    ResponderExcluir