O poder

Publicado por 18.6.18


Sinopse: Em um futuro próximo, as mulheres desenvolvem um estranho poder: elas se tornam capazes de eletrocutar outras pessoas, infligindo dores terríveis... até a morte. De repente, os homens se dão conta de que não estão mais no controle do mundo.
Autor(a): Naomi Alderman | Editora: Planeta | Páginas: 368 | Ano: 2018

Uma mulher misteriosa é filmada em um momento inconveniente, mas não pense que estou falando de alguma cena quente de sexo, mas sim da descoberta de um poder nunca antes imaginado, aquela desconhecida era capaz de produzir eletricidade e através de choques conseguia mostrar sua força.

Tal vídeo deu início à um período turbulento, onde a dúvida e o medo pairaram pelo ar. Uma nova era estaria se iniciando e grandes mudanças estariam prestes a acontecer. 


Há movimentos estranhos acontecendo agora, não só no mundo, mas bem aqui, nos Estados Unidos. Dá para ver pela internet. Meninos se vestindo de meninas para parecerem mais poderosos. Meninas se vestindo de meninos para se livrarem do peso do poder, ou para se tornarem insuspeitas lobas em pele de cordeiro.

Aquelas meninas vistas como aberrações estavam se multiplicando, até mesmo mulheres adultas aos poucos desenvolviam tal capacidade. Os choques produzidos por elas eram capazes de matar, porém se usados de forma moderada e com sabedoria poderiam curar algumas enfermidades.

Uma briga aqui, outra briga ali e logo as mulheres perceberam que pela primeira vez tinham mais força que os homens. Aquelas que foram reprimidas ou feridas em algum momento de sua história aprenderam a utilizar seus poderes para buscar justiça, outras foram para um lado mais cruel e mostraram que poderiam ser piores que seus opressores.

-Já está começando. Você viu os números de violência doméstica contra homens? De assassinatos de homens por mulheres?

Ao mesclar elementos reais à história, a autora produziu uma narrativa interessante e capaz de proporcionar ao leitor alguns momentos de reflexão, nada que vá colocá-lo parado olhando para o horizonte enquanto filosofa sobre a existência humana, mas que o coloque diante de uma história com nuances tão realistas que em certos aspectos poderiam realmente acontecer.


- Precisamos de leis para proteger os homens. Precisamos de toque de recolher para as mulheres.

Com personagem ricamente desenvolvidos, que passam por momentos de confusão, mas também crescem juntamente com a trama, a narrativa transcorre de forma ágil, convincente e bem elaborada. Há ação na medida certa, assim como um toque de religião, política e muita estratégia. Nada acontece por acaso, pelo menos não sem que alguém tenha planejado que acontecesse.

Neste livro há uma batalha a ser travada, mesmo que os lados ainda não tenham se definido ou que os envolvidos não percebam de imediato, a mudança está sendo feita. As mulheres descobriram um poder valioso, mas há uma manipulação maior por trás disso tudo.

Esta é uma história que talvez não seja fácil para todos, pois conta com cenas um pouco fortes, nada comparado aos enredos cheios de sangue de Stephen King, mas passa longe de ser uma obra que romantiza e suaviza as lutas.  A conclusão não foi da forma como eu esperava, mas nem por isso me decepcionou.





6 comentários

Comentários
6 Comentários
  1. boa tarde, como vai?
    Confesso que ainda nao conhecia esse livro
    mas achei super interessante a proposta dele
    bem como as suas onsiderações

    ResponderExcluir
  2. Nossa, não conhecia esse livro e adorei a sinopse. Com a sua resenha então... Já tô indo pro site da Amazon pra ver se compro!!

    ResponderExcluir
  3. Nao conhecia esse livro nao
    Mas adorei sua resenha

    ResponderExcluir
  4. Adorei a sua resenha, achei super interessante ainda não conhecia o livro mas gostei bastante. bjs

    ResponderExcluir
  5. Gostei da sinopse, esse é um livro que eu vou gostar de ler, amei a indicação! Bjs (•‿•) ❤️

    ResponderExcluir
  6. Olá, já vi esse livro na livraria mas nao sabia do que se tratava, achei o assunto bem interessante e a forma abordada criativa, me lembrou alguns clasicos haha.. gostei muito da dica e já esta anotada!

    Beijos,

    ResponderExcluir