Mistério em Chalk Hill

Publicado por 19.4.18


Sinopse: Em 1890, depois de um escândalo que afetou sua reputação, Charlotte Pauly deixa Berlim e vai lecionar para a pequena Emily, em Chalk Hill, uma mansão vitoriana nos arredores de Londres. Charlotte logo percebe uma estranha atmosfera na antiga casa. A menina de 8 anos é sempre atormentada por pesadelos e visões fantasmagóricas da mãe, que se afogou no rio da propriedade em circunstâncias misteriosas. Quando Charlotte tenta saber a respeito da morte de Lady Ellen, o pai de Emily, Sir Andrew, reage com hostilidade. Com tudo envolto em um grande mistério, somente com a ajuda de Tom Ashdown, um jornalista londrino designado para investigar o caso, é que Charlotte poderá verificar o que há por trás dos fenômenos sobrenaturais que assolam a mansão e descobrir uma trágica verdade escondida nas paredes de Chalk Hill...
Autor(a): Suzanne Goga | Editora: Jangada | Páginas: 424 | Ano de lançamento: 2017
Compre aqui: Amazon 

Charlotte Pauly é uma professora dedicada, esforçada e com ótimas recomendações, porém um pequeno incidente abalou sua reputação e a única alternativa viável para se manter na atividade seria se mudar. Agora distante do local onde os boatos ganharam força, a profissional irá se deparar com situações estranhas relacionadas à menina que será sua aluna.

Emily é vista como uma criança tímida e frágil que exige muito cuidado, principalmente após a morte misteriosa de sua mãe. Super protegida pelo pai, a menina tem aulas em casa e apesar de já ter 8 anos ainda vive sob os cuidados constantes de uma babá. Nem mesmo seus cabelos são penteados sem auxílio.

Pauly encontra nesta família a oportunidade de reorganizar sua vida e seguir em frente, porém não esperava se deparar com um mistério fortemente presente na residência de Chalk Hill. 

Não é nenhum crime não saber uma coisa, mas é tolo se acomodar na ignorância.

Sua jovem aluna afirma ver sua falecida mãe. Inicialmente o medo a cerca e lhe deixa insegura durante a noite, mas logo se acostuma e anseia pela chegada da hora de estar perto da mulher que era apenas uma vaga lembrança.

Apesar da ambientação bem construída, trazendo à tona uma atmosfera sombria em torno das aparições da falecida Lady Ellen, o que paira realmente no ar é a dúvida sobre o que seria real ou imaginário. Estaria a menina tendo contato com o sobrenatural ou seria apenas mais um caso intenso de alucinações? A necessidade de descobrir o que realmente acontece com Emily movimenta a narrativa e dá gás à leitura.

Por que Lady Ellen havia tirado a própria vida? O que haveria por trás da janela aberta à noite e das visitas que Emily supostamente recebia?

Admito que eu estava preparada para uma leitura incrivelmente assustadora, mas me deparei com um suspense interessante e um mistério que beirava um pouco mais o lado investigativo do que propriamente o do medo. Talvez o fato de eu ter esperado ansiosamente por momentos de susto, acabei me decepcionando um pouco com o rumo que a história estava levando.

O rio a levou. Ela dizia que não gostava de morar próximo ao rio, que à noite podia sentir que ele a chamava e chamava. Ele a fez sentir medo e a atraiu. Foram os espíritos que fizeram isso.

A conclusão se mostrou marcante e apesar de me apresentar respostas satisfatórias e que faziam muito sentido, não deixou de manter um certo ar de mistério no ar, dando a impressão de que nem toda história tem um final concreto e bem resolvido, sempre há algo a mais que não ousamos imaginar.






13 comentários

Comentários
13 Comentários
  1. Essas histórias assim envolvem agente né. Abre a curiosidade

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha nucan tinha visto falar desse livro mais parece se muito bom.

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia o livro e a história parece ótima. Adorei conhecer a sua opinião sobre ele!

    ResponderExcluir
  4. Pela sinopse fiquei curiosa para saber se a menina tinha mesmo alucinações ou realmente a mãe estava viva hahaha, adoraria ler o livro, uma pena que não foi totalmente o que você esperava, mais gostei bastante da resenha

    ResponderExcluir
  5. Gosto de história que têm esse fim concreto e racional, mas não gosto de temática sobrenatural
    Gostei, muito legal!
    Blog ArroJada Mix|Blog Prosa e Texto

    ResponderExcluir
  6. Muito interessante sua resenha ainda mais a parte em que descobre que a história não é exatamente o que parece o que tentam mostrar de forma inicial no enredo dela...Achei interessante essa pitada de mistério

    ResponderExcluir
  7. Adorei a capa. Gosto de livros que deixam um certo mistério. Parece ser bom. bjo Verônica Alves

    ResponderExcluir
  8. Esse é um tipo de enredo que eu amo, adoro esse tipo de livro, nome mais que anotado ... Bjs (•‿•) ❤️

    ResponderExcluir
  9. Amo assistir e ler histórias de suspense, mais não gosto de histórias puxadas pro terror, não faz meu gênero.

    ResponderExcluir
  10. Nossa!!! Esse parece ser muito bom e bem assustador ne rs

    ResponderExcluir
  11. Anotado para uma futura leitura!
    Gosto muito de mistérios como esses.

    ResponderExcluir
  12. "Não é nenhum crime não saber uma coisa, mas é tolo se acomodar na ignorância."
    adorei essa citação e sem duvida me deixou com uma super vontade de ler
    amei sua resenha, otima indicação

    ResponderExcluir
  13. Já quero muito ler esse livro, adoro histórias assim

    ResponderExcluir