Contra todas as probabilidades do amor

Publicado por 21.2.18


Sinopse: Sejam bem-vindos ao acampamento Pádua. Um retiro de verão para adolescentes problemáticos. Mas não se tratam de problemas comuns, como não querer estudar, mentir ou colar na prova. Não! Estamos falando de problemas reais. Alguns deles tão grandes, tão sérios, que até um adulto desmoronaria sob o peso deles. No acampamento, Zander, uma garota enviada pelos pais contra a sua vontade, encontra uma série de adolescentes na mesma situação, e com três deles ela estabelece uma relação de amizade — Grover, Alex e Cassie. Todos os quatro são tão diferentes quanto as pessoas podem ser, mas têm algo em comum — eles estão quebrados por dentro. Em meio às sessões de grupo e, à medida em que o verão dá as caras, os quatro revelam seus trágicos segredos. Zander encontra-se atraída pelos encantos de Grover, e então começa a se perguntar, depois de muito tempo, se pode apostar em ser feliz novamente.
Mas, antes, ela precisa lidar abertamente com seus problemas, para poder juntar seus pedaços e reconstruir sua vida.
Autor(a): Rebekah Crane | Editora: Faro | Páginas: 240 | Ano de lançamento: 2018
Compre aqui: Submarino - Americanas - Amazon


Todos os integrantes do acampamento Pádua possuem algum problema, mas não algo comum e fácil de superar sem apoio e acompanhamento. Alguns possuem distúrbios relacionados à alimentação, outros se mostram como ótimos na arte de inventar fatos, enquanto alguns nem sabem ao certo o que fazem por lá.


Neste último caso encontramos a protagonista, Zander, que mantem oculto o motivo por estar neste lugar. O leitor se perguntará o que pode ter acontecido com uma menina que aparenta não ter problemas, vinda de uma família bem estruturada e constantemente preocupada com sua segurança. 

Enquanto eu tentava descobrir qual seria o segredo da adolescente, a autora me envolveu pela complexidade magnífica dos demais personagens. Todos são muito jovens, mas nem por isso deixam de ter uma história interessante e bem construída ao ponto de me fazer esquecer suas idades e focar em suas particularidades.
Eu sou louca. E você também é, mesmo que não queira admitir isso. Há um segredos guardado dentro de você, Zander. E ele virá à tona nesse versão, quer você goste disso ou não.
Cassie, uma das adolescentes que toma remédios para emagrecer e se alimenta apenas de balinhas, ganhou automaticamente um destaque nesta história. É ela que causa a maior parte da movimentação. Sua personalidade forte, marcante e por vezes irritante condiz com suas experiências. Se você achar que ela está exagerando em suas atitudes ou que sua grosseria já passou dos limites, coloque-se no lugar dela e imagine se você seria tão diferente dela.
Eu vou lhe dizer o que é verdade. - Cassie se volta para o grupo, com o dedo em riste.- Katie força o vômito porque a sociedade a define como gorda e ela não se ama o suficiente para não se importar com isso. Dori odeia o seu padrasto porque o seu verdadeiro pai a abandonou por causa de outra mulher. E eu tenho que admitir: isso deve doer.
Grover é outro destaque brilhante. Um menino esquizofrênico prestes a surtar, pelo menos é assim que ele se vê. A dúvida o acompanha assim como seu caderninho de anotações. Mesmo não sabendo se o que vive é real ou fruto de sua imaginação, o personagem se mostra leve e cativante, pronto para abrir os braços para quem quer que seja, mas não se assuste se ele pedir para que você pise no pé dele!
Algumas pessoas herdam os olhos verdes dos seus pais. Outras herdam a esquizofrenia. Bem, eu certamente não herdei os olhos verdes.
Admito que tive receio de encontrar apenas mais um romance adolescente nestas páginas, mas fui surpreendida com uma lição de vida. Há muita realidade neste livro, mas também existe um sentimento lindo e contagiante de amizade e companheirismo. 

Não espere encontrar personagens perfeitos, tão pouco pense que estes adolescentes são cansativos e repetitivos. Eles são únicos a sua maneira, contagiam o leitor com suas perdas e conquistas.
O primeiro passo para encontrar a si mesmo é admitir aquilo que você já é.
Abra um espaço em seu coração para esta turma, eles só pedirão um pouco de atenção, mas em troca lhe darão sua amizade e proporcionarão alguns momentos de reflexão. 

Este não é um livro que lhe arrancará lágrimas ou risadas descontroladas, mas deixará uma sensação gostosa de satisfação, alguns suspiros podem não ser contidos e o sorriso no rosto com o final será inevitável.




6 comentários

Comentários
6 Comentários
  1. Só de ler sua resenha já amei o livro. O romance já vale como incentivo,Mesmo sendo de adolescentes gostei desde a sinopse até sua opinião. Mas mais que isso é a lição de vida que aprendemos com livros desse jeito. Não conhecia a autora e confesso que já fiquei apaixonada , me encantou esse enredo e com certeza será um livro que vou ler.


    Bjss

    www.chuvanojardim.com.br

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha e fiquei curiosa com esse mistério sobre o problema da Zander. Arrasou Ale. Bjos

    ResponderExcluir
  3. Eu não leio livros.. mas queria criar o hábito! Como faço.??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No começo é um pouco mais difícil mesmo, até a gente encontrar o estilo que mais gostamos acabamos lendo algumas coisas que não rende e desanimamos. Quando o assunto é filme, qual o gênero que tu mais gosta? Isso pode te ajudar a encontrar histórias que possam te interessar!

      Excluir
  4. Esse livro eu não conhecia, mas já começou me ganhando pela capa e em seguida pela história, com certeza eu daria uma chance de conhecer.

    ResponderExcluir
  5. Amei, fique com vontade de ler. Não conhecia esse livro ainda.

    ResponderExcluir