Espada de vidro

Publicado por 18.12.17


Sinopse: Se sou uma espada, sou uma espada de vidro, e já me sinto prestes a estilhaçar.O sangue de Mare Barrow é vermelho, da mesma cor da população comum, mas sua habilidade de controlar a eletricidade a torna tão poderosa quanto os membros da elite de sangue prateado. Depois que essa revelação foi feita em rede nacional, Mare se transformou numa arma perigosa que a corte real quer esconder e controlar.
Quando finalmente consegue escapar do palácio e do príncipe Maven, Mare descobre algo surpreendente: ela não era a única vermelha com poderes. Agora, enquanto foge do vingativo Maven, a garota elétrica tenta encontrar e recrutar outros sanguenovos como ela, para formar um exército contra a nobreza opressora. Essa é uma jornada perigosa, e Mare precisará tomar cuidado para não se tornar exatamente o tipo de monstro que ela está tentando deter.
Autor(a): Victoria Aveyard | Editora: Seguinte | Páginas: 496 | Ano de lançamento: 2016

Este é o segundo livro da série A rainha vermelha.


É complicado falar de uma sequência sem contar spoilers do volume anterior, mas prometo que não contarei nada que você não possa saber. Caso, por algum motivo, seja necessário entrar em alguns detalhes explorados no primeiro livro, fique tranquilo, avisarei com antecedência para não pegá-lo de surpresa.

Mare, a protagonista desta trama que envolve claramente a disputa por poder e a diferença de classes, ressurge neste livro com mais força e determinação. Após ter vivido momentos difíceis e conturbados, agora é a vez dela mostrar que não é tão frágil quanto aparenta e iniciar uma revolução.
Nos últimos dias, acordei numa cela de prisão e depois num trem.Agora num barco subaquático. Onde vou acordar amanhã?

A distinção entre os que possuem sangue vermelho e prateado vem sendo reforçada por muitos anos. Os primeiros são comuns, sem grande importância e servem apenas como empregados, por outro lado os prateados são dotados de poderes inimagináveis. Porém há uma terceira definição, os sanguenovos, seres nascidos com sangue vermelho, mas que possuem dons sobrenaturais por vezes superiores aos dos grandes prateados e vivem escondidos.

No primeiro livro o leitor encontrará um pouco mais sobre estas diferenças e compreenderá que nem todos estão satisfeitos com suas condições. Nesta sequência, Espada de Vidro, essas insatisfações se mostram latentes e prestes a explodir a qualquer momento, mas até que ponto os sanguenovos estarão dispostos a colocar suas vidas em risco para garantir a segurança de desconhecidos?

Vamos lutar por vocês e vamos morrer por vocês, se isso significar um mundo novo. Larguem o machado, a pá, a agulha e a vassoura. Peguem uma arma. Juntem-se a nós. Lutem. Vamos nos levantar, vermelhos como a aurora.

Neste livro existe menos romance e mais ação, a todo instante algo novo acontece e movimenta a trama, fazendo com que a leitura mantenha-se intensa e envolvente. Mare mostrará que pode ser boa na liderança de um povo que anseia por liberdade, porém como todo líder ela pode apresentar momentos de impulsividade e frieza. Estaria a nossa jovem Mare se tornando tão insensível quanto o grande rei dos prateados?


Ninguém nasce mau, assim como ninguém nasce sozinho. As pessoas se tonam más e solitárias por escolha e circunstância.

Os personagens continuam sendo muito bem explorados, seus poderes e motivações se encaixam perfeitamente na história, não há um sequer que seja desnecessário ou que apareça em uma página e nunca mais seja citado. Porém prepare-se para lidar com perdas, lembre-se que em toda guerra há morte e às vezes a despedida é inevitável.


Tento não pensar no rosto dos mortos. Passar o tempo todo correndo para sobreviver é uma distração eficaz, mas mesmo a ameaça constante de aniquilação não é capaz de bloquear tudo. Algumas perdas são impossíveis de esquecer.

Ouso dizer que este segundo livro foi uma grata surpresa para mim. Normalmente tenho receio de me decepcionar com sequências por não manterem o mesmo nível do primeiro, porém este me deixou tão envolvida que sinto que foi ainda melhor que o início da série.

Esta é uma boa opção de leitura se você busca por uma história ágil, com personagens intensos, com grande poder sobre-humano e que ainda assim possuem fragilidades bem reais. Um livro que mistura toques mágicos de fantasia com críticas à organização social, batendo nas diferenças de classes ao mesmo tempo em que mostra um lado mais intenso de super poderes.



Resenha do primeiro livro da série:



14 comentários

Comentários
14 Comentários
  1. Olá, tudo bem?
    Essa é uma série que eu tenho bastante interesse em ler, gosto do gênero.
    Esse segundo livro parece estar muito legal, particurlamente eu gosto mais de ação que romance. Gosto muito das suas resenhas, arrasou. bjs

    ResponderExcluir
  2. Ah, que resenha linda, adorei. Tô louca pra começar a ler essa série mas ainda não tive tempo de começar rs e quero terminar outros livros antes, mas anotei aqui :D

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Não curto o gênero mas conseguiu descrever bem a narrativa e com certeza para quem curte sem dúvida nenhuma vão ler só por você os inspirar.

    ResponderExcluir
  4. Adoro leituras intensas. Com certeza vou incluir essa série na minha lista. ❤️

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Fiquei curiosa p conhecer a série.
    Gostei da sinopse, vou me interar e procurar.
    Gostei da dica!
    Bjss

    ResponderExcluir
  6. A sinopse me deixou bem interessada a ler e a devorar o livro
    Ja tem um tenpinho qye não leio devido a faculdade que tenho que ler cerca de 10 a 20 por dia

    ResponderExcluir
  7. Olá. Não conhecia a obra nem os anteriores. Gostei da sinopse, deu vontade de ler rs Obrigada pela dica de leitura :)

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Meu Deus, me arrependo de ter visto tantas vezes essa capa e não ter lido a sinopse. Fiquei beeeem interessada. Vou add ele, com o primeiro é claro, na minha lista de leituras para 2018.

    ResponderExcluir
  9. Fiquei curiosa pra lê, só pela sinopse parece ser muito bom .Essa é uma série que eu tenho bastante interesse em ler, fiquei ainda mas curiosa .

    ResponderExcluir
  10. Já li esse livro e simplesmente ameiii

    ResponderExcluir
  11. Oi, Alessandra!
    Ainda não li esse livro, mas já vi muitos comentários positivos mesmo assim não consigo me animar para a leitura ou ficar curiosa. Acho que é a premissa mesmo que não faz muito meu estilo de leitura. Mesmo assim gostei de sua resenha.

    Beijos

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  12. Nunca li esse livro, mas achei a sua resenha bem interessante
    Vou da uma pesquisada

    ResponderExcluir
  13. Essa é uma das séries que estou doida pra ler, só falta conseguir uma boa promoção pra comprar hahah

    ResponderExcluir