A Última Noite em Tremore Beach

Publicado por 16.12.17

Sinopse: Recém-divorciado e no meio de um bloqueio criativo, Peter Harper decide tirar férias na bela e isolada Tremore Beach, na Irlanda. Tudo parecia correr bem, mas, depois de ser atingido por um raio durante uma tempestade, ele começa a ter terríveis dores de cabeça e sonhos cada vez mais estranhos. Conforme a linha que separa sonho e realidade fica cada vez mais difusa, Peter percebe que talvez seus sonhos sejam um aviso do horror que está por vir... Envolvente e eletrizante, A última noite em Tremore Beach é um thriller arrebatador, perfeito para fãs do gênero.
Autor(a): Mikel Santiago | Editora: Suma de Letras | Páginas: 272 | Ano de lançamento: 2017

Peter Harper vai em busca de paz quando escolhe passar um tempo em isolado. Ele quer esquecer da ex esposa e voltar a compor suas canções. Mas depois de não seguir sua intuição ele é atingido por um raio e passa a ter visões macabras do futuro.
Então aconteceu. Algo que eu viria a lembrar tantas vezes no futuro, uma voz disse:
"Não saia de casa."
Era como uma voz sem rosto. Como um fantasma escondido nos meus ouvidos. Um sussurro que podia ter sido o vento. Ouvi em algum lugar dentro de mim: "Não abra esta porta. Essa noite não..."
Essa situação poderia ser facilmente explicada porque Harper está passando por uma separação complicada, sente a falta dos filhos e ainda por cima está em um bloqueio criativo e não consegue compor nada de novo. Mas o universo de A Última Noite em Tremore Beach vai muito além das explicações óbvias.

Mas nem tudo para Harper em Tremore Beach é ruim. Ao mesmo tempo que ele sofre com as visões bizarras e com as fortes dores de cabeça ele cria laços de amizade com seus vizinhos, Marie e Leo, e encontra em Judie uma companheira compreensiva.



Abordando uma questão interessante e controversa como a premonição, ainda que de forma distante, a história gira em torno desse dom e como a maioria das pessoas encaram esse fenômeno de uma forma racional e cética. O autor também consegue mostrar bem a dualidade de sentimentos e ações de quem é intuitivo diante a realidade. 

A narrativa tem seus altos e baixos. O inicio é extramente interessante e promissor, mas o desenvolvimento é lento e pode desestimular a leitura porque o foco central da história fica para os dramas pessoais do protagonista, deixando um pouco de lado a questão da intuição.
Por fim o desfecho faz valer a pena acompanhar a história que nos deixa como lição seguirmos nossa intuição.
Enjoy! See you soon!




0 comentários

Comentários
0 Comentários