A rainha vermelha

Publicado por 5.10.17

Sinopse: O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.
Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?
Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe - e Mare contra seu próprio coração.
Autor(a): Victoria Aveyard | Editora: Seguinte | Páginas: 422 | Ano de lançamento: 2015

Uma realidade onde a cor do sangue determina sua posição social, o local onde vive e o seu destino. Os vermelhos são os mais comuns, sem nenhum poder excepcional e são úteis para os trabalhos que nenhum prateado gostaria de executar. Todo jovem vermelho ao atingir 18 anos precisa ir para a guerra, a não ser que se mostre útil e encontre um trabalho. Enquanto isso os prateados ostentam seu dinheiro e poderes para mostrar a todos sua superioridade.
Não tenho formação profissional nem emprego, de modo que acabarei na guerra com os outros desocupados. Não é de estranhar a falta de trabalho: todo homem, mulher e criança faz de tudo para ficar longe do Exército.
Mare é vermelha e tem muito orgulho disso, seus irmãos mais velhos já foram para a guerra e ela será a próxima.  Por não possuir dons que lhe garantam um emprego, a protagonista ajuda sua família com pequenos furtos. Seus pais não gostam da escolha da filha, porém não conseguem mudar sua opinião e desejo de ajudar de alguma forma, contudo tudo muda ao ser recrutada para trabalhar para a família real prateada.

Um tanto quanto atrapalhada, Mare acaba mostrando mais do que deveria para a família real. Em meio ao processo de escolha para nova princesa, a nova empregada vermelha se torna evidente ao exalar seu poder descontrolado e até então desconhecido. O que fazer com uma criada com poderes elétricos que deveriam ser apenas existentes em prateados? Qual será o segredo que envolve Mare? Como a família real irá contornar a situação sem colocar o trono em perigo? 

Estas e outras perguntas envolverão o leitor no decorrer da leitura, o prendendo a fim de desvendar os mistérios e se encantar pela intensidade dos personagens. Confesso que torci para um casalzinho, que não vou dizer qual é, e que me deixou chocada com seu desfecho. Mas não se engane, o foco não está no romance e sim na luta pela sobrevivência e pela divisão de poder. Os vermelhos ficaram calados por muito tempo, está na hora de agirem!

-Vocês se consideram os donos do mundo, reis, deuses. Mas seu império está no fim. Enquanto não nos reconhecerem como humanos, como iguais, a guerra baterá à porta de suas casas. Não nos campos de batalha, mas nas suas cidades. Nas suas ruas. Onde vocês moram. Vocês não nos veem, e por isso já estamos em todo lugar.

Uma história repleta de ação, personagens carismáticos e outros que dão vontade de espancar, mas tudo muito equilibrado. A mistura de poderes com a realidade da divisão social dão um toque leve e ao mesmo tempo interessante à leitura.

Este é o primeiro livro da série, mas acredite quando eu digo que a autora o finalizou tão bem que deixou gancho para continuação, porém também construiu um final capaz de satisfazer o leitor enquanto não lê o segundo livro.



9 comentários

Comentários
9 Comentários
  1. Oi Alessandra,
    Então, já vi várias resenhas sobre esse livro e digo que ele é o livro que meu marido ia gostar de ler já dei a dica e quando ele puder acho que vai comprar.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, eu amo muito esse livro. E eu ainda não li o segundo por que tenho medo de ser ruim e eu ainda não tenho o terceiro, então eu vou reler o primeiro e ler o segundo e terceiro assim que eu comprar. Gostei bastante da sua resenha

    ResponderExcluir
  3. Eu li este livro assim que lançou para o clube do livro que participo e mesmo sendo uma leitura rápida, li praticamente em 24 horas, me decepcionei muito. Pois vi vários pedacinhos de outros livros nele, e isso foi muito estranho. Mas que bom, que o livro te conquistou, só ouço elogios quanto a série, ela vem conquistando muitos leitores. :)

    ResponderExcluir
  4. Um dia ainda leio essa série haha! Sou apaixonada por essa edição e a história parece ser muito interessante, ainda mais por conter bastante ação. Amei a sua resenha que me deixou mais curiosa ainda, dica anotada. Bjss!

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Estou com essa série na minha estante, mas até agora não peguei pra leitura. Acho que vou gostar muito do enredo e fico contente que o primeiro livro termine de forma tão envolvente.
    Espero conseguir em breve.
    A capa sem dúvidas é belíssima.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  6. olá Alessandra,
    Ainda não li esse livro, mas estou querendo ler ele para ontem, pois uma amiga que eu confio ama essa história. Acho que a parte da ação que ele tem muito interessante e me pergunto como tudo vai acontecer, sabe?
    Adorei sua resenha e fiquei contente por você estar empolgada com a leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi, Alessandra. Eu ainda não li os liros dessa série, mas tenho muita curiosidade. Eu gostei da sua resenha e de poder ver um pouquinho mais sobre o livro aqui, eu tenho quase certeza que vou gostar muito quando eu for ler.

    ResponderExcluir
  8. Olá Alessandra, eu morro de vontade de ler esse livro desde que lançou *-* O enredo dele parece ser bem bacana e os personagens bem construídos.

    ResponderExcluir
  9. Oiii!

    Eu não curti tanto essa obra quanto você... É bem escrito, mas com detalhes demais, daí fiquei cansada. Maaas a batalha é maravilhosa <3
    Espero que você curta os demais livros.

    Beijinhos

    ResponderExcluir