O órfão de Hitler

Publicado por 21.9.17


Sinopse: Piotr é um menino polonês quando os nazistas invadem seu país e matam seus pais. Seu destino parece traçado: viver num orfanato, sendo depois oferecido para trabalho escravo. Mas seus olhos azuis, seu cabelo loiro e sua pele clara fazem dele um exemplo da raça pura, um modelo para a Juventude Hitlerista. Então, os alemães o entregam a uma família nazista. Só que Piotr, que nunca deixa de se sentir estrangeiro junto a sua nova família, começa a formar seus próprios conceitos sobre o que vê e o que lhe é dito. Ele não quer ser um nazista. E então assume um risco – o mais perigoso que poderia escolher na Berlim de 1942. Vencedor de seis prêmios e finalista de outros dezesseis, este romance de Paul Dowswell parte de uma pesquisa meticulosa para uma narrativa cheia de reviravoltas, trazendo à tona um ângulo diferente dos horrores da Alemanha nazista.
Autor(a): Paul Dowswell | Editora: Planeta | Páginas: 272 | Ano de lançamento: 2016

Piotr é uma das milhares de crianças que se viram órfãos por causa do nazismo, que não tiveram tempo de se despedir de seus pais, que nem ao menos souberam o que realmente havia lhes acontecido. Apesar de ter se tornando um menino sem família de forma tão cruel, o protagonista desta história se mostra maduro e sem sinais de rebeldia, pelo contrário, logo criança ele já sabia que precisaria seguir normas caso desejasse se manter vivo e seguro.
Imagine um mundo sem doenças ou fraquezas. Um mundo sem miséria e infelicidade. É isso que podemos criar agora que os nazistas estão no poder.
Ao serem feitas buscas entre os órfãos com o intuito de encontrar crianças puras, com o intuito de recolocá-las em famílias que lhe ensinariam como ser um bom cidadão alemão, Piotr acabou sendo recrutado, pois seus traços faziam com que ele fosse visto como um ótimo exemplar da espécime.
-Meu nome é Doktor Fisher... tenho algo muito especial a lhes dizer... Vocês, meninos, foram escolhidos como candidatos... à honra de serem recuperados pela comunidade nacional alemã... Serão submetidos a mais exames... para determinar seu valor racial... e se são ou não dignos de tal honra...
Após ser adotado por uma família de respeito, onde o patriarca era largamente conhecido entre os nazistas por seus experimentos médicos, Piotr passa a ser doutrinado de forma a se tornar um exemplo a todos. Sem questionar, o jovem cresce em meio à realidade alemã que acredita em uma raça pura, porém suas origens o marcarão para sempre.

Neste livro o leitor acompanhará a trajetória desta criança, que se tornou um órfão graças a Hitler, mas que caminha para servir o Führer de acordo com o ensinado por sua nova família. Mas não se engane, Piotr é mais esperto que os demais seguidores do nazismo que o cercam, e esta jornada em busca da verdade e da liberdade pode ser mais séria e longa do que aquele menininho poderia imaginar logo que saiu do orfanato. Agora, já mais velho, Piotr caminhará por zonas perigosas, arriscará sua vida em defesa de seus ideais e descobrirá que nem mesmo sua família adotiva o protegerá.
Esterilizem os judeus! Assim o sangue saudável e o imundo não vão mais se misturar.
Os personagens são interessantes, cada qual com suas motivações e anseios, porém não me senti tão próxima do protagonista quanto eu desejava. Sua força de vontade, determinação e inteligência são louváveis, porém não há aquela emoção característica de livros que se passam durante este período.

Esta é uma história bem desenvolvida, com início, meio e fim. O leitor não se verá diante de enigmas ou peças que não se encaixem, mas poderá acompanhar a vida e a realidade das crianças, jovens e adultos daquela época. A crueldade se faz presente, mas de forma um pouco mais sutil, não há descrições fortes, apenas se sabe que coisas ruins são feitas, mas os detalhes mais profundos não são descritos de forma aprofundada.




12 comentários

Comentários
12 Comentários
  1. Oi Alessandra. A história parece interessante. Pena que de acordo com sua avaliação ela não seja tão emocionante. Nessa linha eu li o clássico "O diário de Anne Frank" que além de real, é bem emocionante. bjs

    ResponderExcluir
  2. Parece ser uma ótima leitura, gosto desse gênero, consegue me prender do inicio ao fim.
    Quero ler, gostei bastante do post

    ResponderExcluir
  3. Eu como fã de história e amante fiel das histórias de guerra, já li o livro e eu adorei, afinal sou suspeita. Achei sua resenha maravilhosa vou indicar ela para todos que quiserem detalhes desse livro.

    ResponderExcluir
  4. Nossa. A sinopse é bem pesada e a história incrível. Vou procurar pra baixar e ler no meu Lev.

    ResponderExcluir
  5. Adoro livros com essa temática!!! Com certeza vou procurar para ler!
    Muito boa a sua resenha!!! Parabéns, beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oiee!
    Não conhecia o livro, mas parabéns pela resenha!
    Vou procurar saber mais a respeito dele.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. parabens por essa resenha
    confesso que é um genero bem diferente do que leio mais com sua resenha me apaixonei
    BLOG♥ Coisas da Vida

    ResponderExcluir
  8. Olá! Só pelo nome do livro já imaginava ser uma história triste. Mas gostei da sinopse e sua resenha como sempre perfeita, me deixou ate curiosa para ler esse livro, o personagem parece bem corajoso, com uma personalidade forte, deve ser uma leitura bem agradável. bjs

    ResponderExcluir
  9. Olá, bem bacana a resenha mas não curto livros assim sabe, gosto de romance e ficção.

    ResponderExcluir
  10. Boa noite, como vai?
    Gostei bastante de conhecer o livro, bem como da sua maravilhosa resenha, fiquei super curiosa. beijos

    ResponderExcluir
  11. Sinceramente livros que tenham cunho de guerra não são os meus favoritos, mas confesso que esse livro me chamou atenção, se encontrar aqui na minha cidade vou comprar!
    Bjs (•‿•)

    ResponderExcluir
  12. Ja tinha visto a sinopse desse livro em outro blog, deve ser bem interessante gosto desse tipo de historia

    ResponderExcluir