Nerve

Publicado por 13.9.17


Sinopse: Você já se sentiu desafiado a fazer algo que, mesmo sabendo que pode se arrepender depois, acaba levando em frente? A heroína deste livro também. Vee cansou de ser só mais uma garota no colégio, e quer deixar os bastidores da vida para assumir seu merecido posto sob os holofotes. E o jogo online Nerve, febre nacional transmitida ao vivo, pode ser o início dessa trajetória de sucesso. Basta que ela clique no botão “Jogador” em vez de “Espectador” para entrar na disputa, que propõe, a cada etapa, um desafio novo.
A adolescente acaba formando uma dupla imbatível com Ian, um garoto desconhecido com quem trava contato ao se inscrever em Nerve. Juntos, vão galgando posições no jogo. Mas, conforme os dois avançam na disputa, os desafios ficam cada vez mais complexos... e perigosos.
Autor(a): Jeanne Ryan | Editora: Planeta | Páginas: 304 | Ano de publicação: 2016


Tenho o costume de não assistir a um filme baseado em um livro se não tiver lido a história antes, porém neste caso foi um pouco difícil fazer isso, afinal, eu não sabia de onde havia surgido a inspiração para o longa. Sim, eu saio vendo o que a Netflix lista sem fazer pesquisas antes. Ah, falei um pouco sobre o filme AQUI.

A comparação é inevitável, porém me envolvi tanto com a escrita da Jeanne Ryan que por vezes acabei esquecendo qualquer relação com o filme. Claro que ao ler determinados trechos e ao ser apresentada a alguns personagens, acabei lembrando detalhes do filme e unindo as experiências.


A base da história é a mesma. O leitor será apresentado à Vee, jovem protagonista que após se decepcionar com alguns amigos e se sentir cansada de sua rotina, acaba se cadastrando em um jogo, NERVE, onde são propostos desafios e recompensas. Neste quesito posso dizer que tanto o filme, quanto o livro, caminham juntos, proporcionando reflexão sobre os riscos que circulam a vida das pessoas que buscam atenção, sucesso e fama, porém em proporções diferentes.

Os desafios propostos pela NERVE variam entre o cômico e o desnecessário, alguns podem colocar os competidores em risco, mas nada tão perigoso ao ponto de deixar o leitor sem fôlego durante a execução das tarefas. 
Pessoas que gostam de vencer sempre vão jogar
A trama em si é bem construída, os personagens se relacionam sem exageros, não existe um romance forçado, nem mesmo aquelas constantes brigas e disputas adolescentes cansativas, porém senti falta de algo mais impactante, algo que me fizesse refletir ao final da leitura. A mensagem que o livro passa é mais superficial que a do filme, é possível compreender o que há por trás da motivação para que os jovens participassem da NERVE, mas não encontrei argumentos para me fazer pensar em como isso poderia ser real. O foco maior está na diversão e não tanto nas consequências.

A leitura correu de forma rápida, em poucas horas, sendo agradável, divertida e descontraída que animou meu final de semana.



8 comentários

Comentários
8 Comentários
  1. O livro Nerve tem uma leitura bem interessante e bem divertida, história é cheia de reviravoltas. Gostei muito do enredo como você disse a trama é bem construída, o livro me cativou muito. Bjs

    ResponderExcluir
  2. aaa eu sou louca para assistir esse filme, mas quando tentei da última vez a dublagem estava horrível. Eu descobri com o seu post que tem um livro porque eu não sabia e já vou procurar para comprar.
    http://kombichic.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Vi o filme e achei bem legal, fiquei com vontade de ler o livro!

    ResponderExcluir
  4. Sua explicação ta tão bem feitaq deu vontade de ler.
    Parece ser bastante divertido.
    Vou procurar.
    Otima dica.
    Bjss💋💋

    ResponderExcluir
  5. amei a resenha!!! ja quero adquirir o meu!!

    ResponderExcluir
  6. Não vi o filme, mas lendo teu relato sobre o livro senti vontade de ao menos ver o filme rsrs
    As vezes esperamos algo mais profundo de um livro e ele acaba ficando apenas na superfície ...
    Bjs (•‿•)

    ResponderExcluir
  7. Confesso que estou curiosa pela leitura, pois os detalhes descritos na sinopse despertou um certo interesse. Ótima resenha!
    Bjsss

    ResponderExcluir
  8. eu amei o filme mas ainda nem li o livro

    ResponderExcluir