Sempre Vivemos No Castelo

Publicado por 28.8.17

Sinopse: Morando na casa da família Blackwood com Constance, a irmã mais velha, e o tio Julian, Merricat só quer manter o delicado equilíbrio conquistado pelos três. Mas, desde que Constance foi acusada de assassinar o restante da família, ninguém deixa os Blackwood em paz. Quando o primo Charles chega à cidade, tentando fazer amizade com Constance e despedaçar tudo o que Merricat conquistou, ela entende que precisa fazer o possível para proteger o que sobrou de sua família - e isso pode levar a atitudes inesperadas. Com um humor macabro, Sempre Vivemos No Castelo conta a história deliciosamente sombria de Constance e Merricat Blackwood, uma das maiores anti-heroínas da literatura americana.
Autor(a): Shirley Jackson | Editora: Suma de Letras | Páginas: 200 | Ano de lançamento: 2017

Ler Sempre Vivemos no Castelo é entrar no mundo extremamente particular de Mary Katherine Blackwood, a Merricat.
Pertencem ao mundo dela sua irmã mais velha, Constance, o tio Julian, que vive deitado ou na cadeira de rodas e Jonas, seu gato. Eles vivem isolados na mansão da família porque Constance foi acusada de matar boa parte da família anos antes. A Justiça a absolveu, mas as pessoas da cidade a consideram culpada.
Meu nome é Mary Katherine Blackwood. Tenho dezoito anos e moro com a minha irmã Constance. Volta e meia penso que se tivesse sorte teria nascido lobisomem, porque os dois dedos médios das minhas mãos são do mesmo tamanho, mas tenho de me contentar com o que tenho. Não gosto de tomar banho, nem de cachorros nem de barulho. Gosto da minha irmã Constance, e de Richard Plantagenet, e de Amanita phalloides, o cogumelo chapéu-da-morte. Todo o resto da minha família morreu.
A medida que Merricat nos mostra o seu dia a dia percebemos o quanto a situação das irmãs é angustiante diante da sociedade que condena e hostiliza, principalmente por inveja da condição financeira da família.
Somente ela vai até a cidade duas vezes por semana para comprar mantimentos e emprestar livros na biblioteca. A forma que ela é tratada justifica porque é tão seguro para elas estarem isoladas na propriedade.

Aos olhos de qualquer pessoa isso seria considerado um comportamento estranho e doentio, mas existe uma normalidade incrível para Merricat nessa situação toda. 
Até que um primo chega para visitá-las e as coisas saem do curso idealizado por ela.



Após o clímax, o segredo central, que é um pouco óbvio, é revelado, algumas atitudes dos personagens então passam a fazer mais sentido.
Com uma protagonista forte, a história muito bem construída apresenta uma narrativa que é um misto de sentimentos e sensações antagônicas que passam pelo amor fraternal, situações claustrofóbicas, fragilidade e medo.

O livro não acaba quando lemos a última página. Precisamos de um tempo pra digerir tudo e também refletir sobre a maldade humana, solidão, isolamento e transtornos psicológicos.
Portanto a leitura é rápida e dificilmente esqueceremos dela.
Enjoy! See you soon!




6 comentários

Comentários
6 Comentários
  1. Oie Evy! Menina eu não conhecia esse livro, mas ja Quero ele. Esssa edição tá muito bonita hein?

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia esse livro e embora a história não me atraia, achei a capa linda!
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Não conhecia a obra e a sua premissa me chamou bastante a atenção. Fiquei intrigada para saber o segredo da família e o que realmente aconteceu para que vivessem confortavelmente isoladas para não enfrentarem o julgamento da sociedade.
    O que será que esse primo fará ao adentrar nessa casa?!

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  4. Gosto dessas narrativas que provocam um misto de emoções, e o fato do enredo permanecer conosco fazendo seu trabalho de reflexão torna a proposta ainda mais irresistível. Não conhecia o livro, mas estou morrendo de curiosade pra conhecer essas irmãs, e descobrir qual foi interferência causada com a chegada desse primo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Bem, Mestre King recomendou, então eu estou super curiosa para ler esta obra!
    Adorei conhecer um pouco mais aqui no seu blog!
    Dica mais que anotada!

    Beijos!

    #Ana
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  6. Oie
    muito legal a resenha e como disse o comentário acima, se o mestre recomendou eu ja quero hehe adorei a sinopse, parece ser mega instigante

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir