O sol também é uma estrela

Publicado por 31.5.17


Sinopse: Natasha: Sou uma garota que acredita na ciência e nos fatos. Não acredito na sorte. Nem no destino. Muito menos em sonhos que nunca se tornarão realidade. Não sou o tipo de garota que se apaixona perdidamente por um garoto bonito que encontra numa rua movimentada de Nova York. Não quando minha família está a 12 horas de ser deportada para a Jamaica. Apaixonar-me por ele não pode ser a minha história.Daniel: Sou um bom filho e um bom aluno. Sempre estive à altura das grandes expectativas dos meus pais. Nunca me permiti ser o poeta. Nem o sonhador. Mas, quando a vi, esqueci de tudo isso. Há alguma coisa em Natasha que me faz pensar que o destino tem algo extraordinário reservado para nós dois.O Universo: Cada momento de nossas vidas nos trouxe a este instante único. Há um milhão de futuros diante de nós. Qual deles se tornará realidade?
Autor(a): Nicola Yoon | Editora: Arqueiro | Páginas: 288 | Ano de lançamento: 2017 | Compre aqui:  Saraiva

Estou aqui, parada há alguns minutos, me perguntando como falar de um livro que proporciona uma leitura rápida, mas que ao mesmo tempo se apresenta com momentos cansativos e arrastados.

Natasha e Daniel não poderiam ser mais diferentes. Enquanto ela constrói seus pensamentos e argumentos pautados na ciência, se recusando a qualquer tipo de romantização de fatos que não possuem comprovação científica, ele sonha em ser poeta, acredita em destino e em muitas outras coisas sem a exigência da comprovação.

O amor não é uma religião. Ele existe, quer você acredite ou não.

Mas o improvável os une. Por mais que Natasha recuse qualquer envolvimento do destino, ela e Daniel acabam se encontrando por acaso. O dia não poderia ser mais tenso, afinal, Daniel precisa ir ao encontro de um entrevistador para entrar em uma Universidade que ele não quer e Natasha precisa correr contra o tempo, já que ela e sua família serão deportados em menos de 24 horas.

Tudo acontece em um dia, pode parecer rápido, mas conforme a história vai se desenrolando o leitor percebe que este tempo é o suficiente para desenvolver um envolvimento entre eles, que por mais surpreendente que possa ser a aproximação dos dois jovens, ainda assim tudo é possível, principalmente para quem acredita em destino.


A narrativa de O sol também é uma estrela não segue um padrão. Ora vemos a história através do ponto de vista dos personagens, ora nos deparamos com uma escrita em terceira pessoa que mostram o que acontece ao redor, as consequências dos atos e como os fatos se interligam. No início isso me incomodou, mas aos poucos fui me acostumando com essa forma de ver a história, mesmo que isso tenha atrapalhado um pouco a minha conexão com os personagens.

Acredito que este foi o principal motivo por eu ter encontrado momentos lentos nesta história. Não consegui me encantar pelos personagens, não me conectei com seus dramas e sonhos, não consegui sequer desejar que tudo desse certo no final. 

Apesar deste detalhe, não posso ignorar que a leitura é fácil e fluida, se não fosse pela minha falta de empatia pelos protagonistas provavelmente teria concluído a leitura em um dia.

Caso você já tenha lido este livro, por favor, me conte sua opinião sobre ele. Se ainda não leu, lhe convido a fazer a leitura e compartilhar comigo esta experiência.






8 comentários

Comentários
8 Comentários
  1. Oiii lindinha tudo bem?
    Eu realmente tenho muito interesse em ler esse livro, gostei da sinopse de cara por ser separados e cada um ter a sua fala, eu gostei mais do universo <3 suas fotos ficaram lindas e dica anotada.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Eu amo demais a escrita da Nicola. Eu comprei esse livro no formato de ebook numa promoção da amazon e estou louca pra ler. Eu acho que ela desenvolve muito bem os enredos dela, é tudo muito envolvente e emocionante.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oiii. Fiquei me perguntando, um dia não seris muito pouco? Tenho a impressão de que ficaria uma história cansativa. Como vc disse que não ficou, já coloquei o livro em minha lista de leituras hahahahaha. Super curiosa com a história.

    bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    São tantas resenhas positivas sobre esse livro que não posso deixar ele passar. Estou com o livro TUDO E TODAS AS COISAS PRA LER, que também foi muito elogiado, tenho a impressão que vou adquirir esse outro livro assim que acabar a leitura do outro. rsrs
    Adorei a resenha
    Abs
    Nizete
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  5. Oi Ale!
    É muito ruim quando a gente não se identifica, ou nem ao menos consegue torcer pelas personagens... é triste, mas faz parte né?! kkkkkk
    Achei bem interessante a parte de revesar entre primeira e terceira pessoa, pois permite a gente ver a história de vários ângulos ;)
    Obrigada pela sinceridade da resenha.
    Bora para a próxima leitura??!!
    Bjokas

    ResponderExcluir
  6. Oi, Alessandra!
    Ainda não li o livro, mas vi muita gente elogiando que até acabei ficando interessada. Agora confesso que fiquei desconfiada, acabo sofrendo com narrativas arrastadas e o fato de ter essa mescla de primeira e terceira pessoa me deu a impressão de deixar a narrativa bem confusa, não sei se conseguiria levar a leitura até o final. Prefiro adiar a leitura.

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  7. Oi, eu li esse livro faz um tempo, acho que 2015, também não senti tanto amor pela leitura. Como você, não nego a excelência da obra.

    ResponderExcluir
  8. Oie
    eu gostei bastante do livro, achei bem diferente a pegada dele e surpreendente, de uma certa forma tem personagens diferentes e fortes então quero ler outros da autora

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir