Uma longa jornada para casa

Publicado por 15.3.17

Sinopse: Aos 5 anos, Saroo pede ao irmão mais velho que o deixe acompanhá-lo à cidade onde ele passava os dias em busca de dinheiro e comida. Durante a viagem, o menino adormece. Ao despertar, confuso, se vê sozinho na estação de trem. Ele não sabe onde está o irmão, mas vê um trem parado. Imaginando que Guddu poderia estar lá dentro, Saroo embarca no vagão, e isso o faz atravessar a Índia. Sem saber ler nem escrever, e sem ideia do nome de sua cidade natal ou do próprio sobrenome, ele é obrigado a sobreviver sozinho nas ruas de Calcutá até ser levado para uma agência de adoção e ser escolhido por um casal australiano. Os anos se passam e, ainda que se sinta extremamente agradecido pela nova oportunidade que os Brierleys lhe proporcionaram, Saroo não esquece suas origens.
Autor(a): Saroo Brierley | Editora: Record | Compre aqui: Amazon, Submarino, Saraiva

Para quem ainda não sabe, este livro conta a história real de um menino indiano que se perdeu da família, a história é tão interessante que inspirou o filme Lion: uma jornada para casa que recebeu algumas indicações ao Oscar 2017. Não tive a oportunidade de assistir o filme ainda, então nas próximas linhas você não encontrará uma comparação entre a obra literária e sua adaptação.

Vindo de uma família pobre, onde a fome era presença constante e a luta pela sobrevivência era uma tarefa diária, Saroo, o protagonista desta história, envolve o leitor através de sua narrativa simples e repleta de sensibilidade. Impossível acompanhar a trajetória do pequeno menino confuso e perdido em um lugar totalmente desconhecido e não se emocionar, torcer e vibrar.

Penso neste dia há vinte e cinco anos. Cresci do outro lado do mundo, com um nome e uma família diferentes. Sempre me perguntei se algum dia voltaria a ver minha mãe, meus irmãos e minha irmã.
Inicialmente o protagonista conta sobre suas recordações envolvendo sua família, o lugar onde moravam, as dificuldades pelas quais passavam e as obrigações que as crianças tinham perante a família, afim de auxiliar a mãe a garantir o sustento da casa. É impressionante conhecer a realidade desta família através das lembranças de uma criança pequena, da maturidade que carregava as atitudes de Saroo e seus irmãos, todos sabiam que um precisaria do outro, que juntos eles poderiam superar mais um dia difícil.

A forma como Saroo se perdeu foi descrita com tamanha delicadeza e profundidade, que consegui imaginar a figura do pequeno menino amedrontado e que ao mesmo tempo precisou aprender a sobreviver sozinho, a escapar de todos os perigos e a nunca desistir.

De algum modo, eu me fortaleci ao provar a mim mesmo que era capaz de me virar.

Não vou contar toda a história, apesar de ter muita vontade. Alguns pontos desta história me deixaram chocada, outros me comoveram ou empolgaram, posso dizer que sem dúvida alguma este livro, por mais simples que seja a sua narrativa, é grandioso e belo. É uma lição de vida!


Por falar em livro belo, não posso deixar de lado a bela edição da obra que conta com fotos que ilustram bem a trajetória do pequeno menino indiano que nunca desistiu que reencontrar sua família, nem mesmo depois de ter sido adotado por um casal que sempre lhe deu tudo.



15 comentários

Comentários
15 Comentários
  1. Fiquei interessada, gostei da história.
    Boa dica.
    Bjão

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Eu conheci esse livro pelo filme em uma matéria que li. Acho a trama muito interessante e estou louco para assistir a adaptação, mas é claro, antes irei fazer a leitura e sua resenha colaborou bastante para que eu me anime, adorei! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  3. Olá, esse é um livro que eu tenho muita vontade de ler. A história real do personagem é inspiradora e interessantíssima. Já vi o trailer do filme e fiquei tocada.

    ResponderExcluir
  4. Oi! Essa história parece ser linda e comovente, amei as ilustrações e fiquei muito curiosa em conhecer a história do Saroo, ainda mais por ter sido real. Sua resenha está ótima, ainda não assisti ao filme, o que é bom, pois poderei comparar o livro com a adaptação kkk. Bjss!

    ResponderExcluir
  5. Desde que soube que o filme foi inspirado em um livro, fiquei mais interessada ainda em ler e ver ambos. Parece ser uma jornada intensa e sensível. Obrigada por fortalecer a minha decisão! Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Oie tudo bem?! Só tenho visto pessoas encantadas com a leitura desse livro. Toda resenha é assim como a sua, cheia de emoção e de estímulos a leitura. Confesso que estava bem receosa com o livro e também com o filme, mas já mudei de opinião e quero logo poder conferir os dois.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Olá, apesar de normalmente não ler livros com historia reais fiquei bem curiosa com essa, não conheço o filme então sua resenha foi minha base do enredo e fiquei bem animada com ele. Dica anotada, espero ter a chance de lê-lo em breve.

    Meu Mundo, Meu Estilo

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Já faz algum tempo que vi sobre o filme e o livro, porém ainda não tive a oportunidade de apreciar nenhum deles.
    A premissa é bem interessante e o que mais chama minha atenção é o fato de se tratar de uma história real desse menino que acaba se perdendo e que anos após consegue encontrar o caminho de volta. Com certeza parece ser uma trama envolvente e emocionante.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  9. Olá
    Amoooooooo livros assim. que me emocionam, me faz chorar e refletir. Venho enamorando ele desde o anuncio de sua publicação. e ler as resenhas positivas dele, só me estimulam mais e mais a ler.
    Adorei sua resenha, obrigada apor não soltar spoilers. :
    Abs
    ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?
    Gente, não conhecia este livro, achei ele muito interessante! Ainda mais porque é o próprio autor contando a sua história. Acho legal vc fazer uma resenha do filme também ;)
    Amei a sua resenha!
    Beijos, Larissa (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
  11. Oie!
    Só fico imaginando o quanto vou me emocionar com essa história.
    Ainda não tive a oportunidade de ler a trama, mas estou bem curiosa depois da sua resenha.
    Uma ótima indicação!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  12. Olá tudo bem?
    Fiquei realmente interessada ao descobrir que se trata de uma história real e que ainda concorreu ao Oscar. A história desses irmãos, o fato como foram separados e os anos passando realmente me deixou intrigada para saber como seria o reencontro. Acredito que vou me emocionar muito com essa história. Adoro obras que falam sobre a família e a volta para casa. Já anotei a dica.

    beijinhos!

    ResponderExcluir
  13. Olá
    Só tomei conhecimento desse livro, quando todo mundo estava falando sobre o filme. A temática me agrada muito, creio que vou me emocionar ao longo da narrativa, pois sou uma pessoa muito emotiva. Gostei muito da sua resenha me deu mais vontade ainda de ler. Meus amigos que leram gostaram muito e disse que o livro é muito bom. Espero em breve poder fazê a leitura, beijos!

    ResponderExcluir
  14. Li esse livro sem expectativa nenhuma e adorei, é realmente uma lição de vida. É impossível a gente não se comover com algumas partes, fiquei enlouquecida por tudo que o autor contou da situação das crianças indianas e pelo que aconteceu com o irmão adotivo dele - e com tantas outras pessoas, pelo jeito. Vi o filme e achei o livro melhor, mas a adaptação ficou legal.

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem? Eu soube do filme que tinha, e desde então quis também ler o livro. Acho que é um tema bem instigante ao meu ver, e que se encaixa totalmente nas leituras que amo. Estou com bastante expectativas e espero realizá-la em breve. Bom saber que a narrativa é simples, mas que marca <3
    Ótima resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir