Ouija: origem do mal

Publicado por 3.3.17


Sou uma grande fã de filmes de terror e suspense sobrenatural, adoro tentar desvendar o mistério e ser surpreendida ao final, adoro mais ainda quando esse jogo de descobertas traz consigo uma boa dose de sustos.

O bom e velho tabuleiro OUIJA volta a ser explorado em um filme com protagonistas ingênuos. Como é de se esperar de tramas que envolvam o contato com espíritos, os personagens desta história se mostras descrentes até determinado ponto e então passam a acreditar em tudo sem questionar. 

Inicialmente as protagonistas desta trama não acreditam em espíritos, mas fingem ter contato com o sobrenatural para ganhar dinheiro enganando as pessoas que as buscam para conseguir contato com seus familiares mortos.

Confesso que eu senti um toque de ironia nesta situação. Veja bem, a mãe desta família mentiu durante um bom tempo sobre conseguir conversar com espíritos, até que ao tentar tornar a encenação mais convincente volta para casa com um tabuleiro OUIJA comprado em uma lojinha qualquer, então sua filha mais nova passa a conversar e ser perseguida por seres que apenas querem conversar e tudo é aceito com a maior naturalidade.


É aí que o filme ganha uma nova cara, uma trama mais interessante e com um pouco de sustos. Eu disse um pouco, pois apesar da atmosfera sombria e envolvente que Ouija, a origem do mal, transmite ao espectador, ainda assim não se apresenta com uma grande sequência de tensão.


Um mistério precisa ser desvendado para salvar a família, um padre tenta ajudar e os espíritos mostram que não são bonzinhos como aparentavam. Isso é a base de qualquer filme de terror/suspense sobrenatural, então não espere algo muito além disso, porém deixe-se levar pela história por trás do sobrenatural, pela influência que esta causa na pequena médium que só queria conversar com o pai falecido.

Mesmo com os clichês e com algumas cenas previsíveis, posso dizer que gostei deste filme. Não foi o mais elaborado que eu já vi, mas também passou longe de ser um dos mais entediantes da minha lista. A razão pela presença de seres sobrenaturais na casa e a forma como estes agiram durante anos também se encaixa bem na trama e o final ficou dentro do esperado, me deixando com vontade de saber o que vem depois daquela última cena. 

8 comentários

Comentários
8 Comentários
  1. Aiiii, eu não curto filmes de terror não hehehe =)
    Bjus
    Jaque
    www.quebreiaregra.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi
    Não conhecia o filme e fiquei bastante interessada pelo enredo, tenho visto filmes, séries e lido livros com a temática e gostado bastante.

    ResponderExcluir
  3. Eu amo filmes de terror! São os meus preferidos. Já assisti esse. Adorei.
    Invocação do mal 1 e 2 também são ótimos.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Confesso que fiquei com medo com essa última imagem do filme no post, rsrs. Não é muito o tipo de filme que eu curto, apesar da sua ótima resenha sobre ele.

    ResponderExcluir
  5. O último Ouija lançado eu achei bem morno. Esse parece ser mais interessante. Gostei da sua percepção, vou procurar assistir...

    ResponderExcluir
  6. Já assisti esse e achei bom. As vezes meio clichê mas ainda assim bom. Ainda acho que o terror precisa ser reinventado. A fórmula do ''filme documentário'' por exemplo, já está batida. Gostei da forma como expôs sua opinião e resenho o filme.

    ResponderExcluir
  7. Eu não gosto muito de filme de terror, eu prefiro filmes e seriados de serial killer.
    Beijos

    www.baudasresenhas.com.br

    ResponderExcluir
  8. Adivinha quem certamente passaria mal assistindo a esse filme?
    Sim, eu mesma, kkk.
    Sério, eu passo longe deles porque sei que não aguentaria, mas confesso que essa resenha me deixou bem curiosa.

    ResponderExcluir