O Mensageiro

Publicado por 20.2.17


Sinopse: O que este primeiro livro da série O Mensageiro vem nos dizer? E em que dimensão da verdade “A Pedra” será lançada, impulsionada pela síntese das poesias entoadas nos momentos da revivência hipnótica dos fatos?
As respostas para essas e outras questões não virão senão com muitas surpresas.
Umas fazem rir; algumas causam estranheza; outras empatia e múltiplas e simultâneas emoções. E todas levam o leitor a profundas reflexões.
Em um mergulho em águas profundas, o autor faz uma autoanálise que leva o leitor a olhar para dentro de si próprio.
 

Autor(a): Anderson M. Braga | Editora: Chiado | Compre aqui: Chiado

O mensageiro nos leva mais a fundo no interior da alma humana, mostrando o quão indigno o ser humano pode ser simplesmente por nada fazer, sem esperanças ou sonhos, mas também buscando um algo mais que pode vir de qualquer lugar. Podemos ser simplesmente um fracassado ou batalhar para ser alguém na vida...

As vezes a religião pode ser um grande alento para as almas aflitas, mas as vezes pode vir a causar ainda mais aflição isso tudo depende de qual nosso maior desejo. Para uma criança tudo que desfila a seus olhos pode ser o bem ou o mal, mas seus pais sempre serão seus heróis.

Este livro nos introduz a história de um pequeno menino chamado Anderson, e não por acaso, esse livro nos leva em uma viagem pela vida e pela mente do próprio autor, e nessa insana viagem conhecemos seu pai bêbado, sua mãe religiosa que cansa da vidinha infrutífera que leva e foge de casa com os três filhos.

Ao longo do livro vemos a vida do menino desfilar por entre páginas, cada momento algum sentimento novo, mas em todos podemos observar um pouco da natureza humana, das responsabilidades e irresponsabilidades, e do quanto a vida pode ser complicada algumas vezes.

Um livro que com certeza nos leva a refletir muito sobre nossa própria vida vendo um pouco das vivências desse autor que desnudou sua vida em páginas.

Para quem gosta de histórias verídicas é um prato cheio, mas para mim se mostrou uma leitura um pouco cansativa, talvez por eu ter esperado algo mais deste livro ou simplesmente por eu não ser o tipo de leitor que se envolve facilmente por histórias reais que envolvem basicamente o cotiano comum de alguém.

Mas agora depende apenas de você. Se você gosta deste estilo de leitura mais realista, então não se deixe levar pelo meu desânimo, sem dúvida alguma este livro tem muito para lhe mostrar.



5 comentários

Comentários
5 Comentários
  1. achei bem interessante, porém o que me falta é tempo para leitura.

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro ler, mas confesso que estou lendo super pouco por causa da correria.

    bjs
    Tissi

    ResponderExcluir
  3. Parece ser muito bom ne muito intenso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente bem intenso, te leva ao fundo da vida do proprio autor

      Excluir
  4. Eu amo ler, mas devido a correria tenho lido bem menos. Mas já coloquei esse na listinha.
    Beijos

    www.baudasresenhas.com.br

    ResponderExcluir