A chegada

Publicado por 24.2.17


Eis um filme que foi bem elogiado pela crítica, com diversos posts positivos na internet e obviamente indicado ao Oscar neste ano. Devido a tanta euforia e positividade envolvente a trama deste longa, decidi que estava mais do que na hora de assisti-lo também.

Admito que não sou a mais entusiasmada quando o assunto é ficção científica, talvez por eu não ter tido boas experiências com filmes do gênero ou simplesmente por ter me cansado um pouco da ideia de alienígenas invadindo a terra. Acho que está mais do na hora deles invadirem mesmo, chega de filme e bora tornar realidade. hehehe

Mas abri minha mente e meu coração, então o que você verá por aqui nada mais é do que a minha singela experiência de quase duas horas na frente da tela.

Como eu disse anteriormente, esta é uma trama que retrata uma invasão alienígena. São doze naves espalhadas por diversos países da Terra, cada qual com seu mistério e uma mensagem que precisa ser compreendida. Para desvendar a intenção dos ETs são montadas diversas equipes com profissionais de áreas distintas, incluindo uma linguista determinada e um físico interessante (pelo menos eu achei).


Claro que muito trabalho precisou ser feito, muitas noites sem dormir, muitas tentativas de estabelecer uma diálogo com os seres enormes que se mantinham dentro das naves, mas a missão ultrapassa a relação alienígena e equipe. Há muito mais por trás desta trama bem elaborada, tão elaborada que às vezes senti que eu não estava conseguindo acompanhar o raciocínio.


O filme mostrará questões pertinentes e que proporcionarão uma leve reflexão, como por exemplo a origem da linguagem, a importância desta para uma comunicação, sua mais variada forma, etc. Mas e a imprensa, como ela reage com um furo de reportagem? E as demais nações, conseguem trabalhar em conjunto para descobrir o motivo da invasão ou é cada um por si? Esta e outras perguntas vão sendo respondidas pelo próprio espectador, que construirá sua visão crítica através das cenas e diálogos ricos que esta obra proporciona.

Ouso dizer que este filme fugiu a fórmula pronta de ficção e se centrou em outros pontos importantes e com um toque filosófico interessante, porém admito que fiquei um pouco entediada pela falta de ação, mesmo não sendo fã de filmes deste gênero, eu queria mais ETs, mais ação e talvez até um pouco de destruição. Me decepcionei um pouco, e só agora enquanto escrevo este post consegui assimilar a verdade, não sou o público certo para esta trama, simples assim!

Se você gosta de filmes bonitos, que possuem mensagens por trás de tudo e que não economiza nos detalhes, então pegue o balde de pipoca, pois acabou de encontrar o filme certo para você.






7 comentários

Comentários
7 Comentários
  1. Não é o estilo de filame que gosto, mas se foi indicado ao Oscar deve ser muito bom! Vou ver! Bjos

    ResponderExcluir
  2. Não gosto muito de filmes assim, mas esse parece ser legal, esse GIF me lembrou Harry Potter hahahaha,

    ResponderExcluir
  3. Gosto de filme assim e achei interessante!
    Beijos.

    www.meumundonofundo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ainda não assisti A chegada e uma pena que você não tenhta gostado tanto assim no filme haha os pontos que você não gostou são os pontos que eu acho que vou gostar. To cansada desses filmes de ets cheios de destruição, queria realmente ver algo mais filosófico.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Eu confesso que sou fã de filmes de ficção, esse ainda não tinha ouvido falar agora estou curiosa, com certeza vou assistir!
    Gostei da indicação!
    Minda
    Bjs ❤

    ResponderExcluir
  6. Deve ser muito bacana, gosto de filmes assim.
    Esse ainda na vi mas já vou por na lista.

    ResponderExcluir
  7. Olá tudo bom
    Vi umas reportagem sobre este filme em umas revista on line e os críticos tiveram comentários positivo sobre ele não vi ainda mas já poder ser um opção próxima que saber

    ResponderExcluir