Felicidade incurável

Publicado por 7.11.16

Sinopse: A “Felicidade Incurável” é aquela que nunca está reunida em um único lugar; é aquela que nem a tristeza consegue levar. A felicidade incurável contraria diagnósticos e medos, supera fobias e traumas e não se diminui perante o pessimismo dos outros. A felicidade incurável é aquela que não adoece. 
Autor: Fabrício Carpinejar | Editora: Bertrand

Carpinejar tem o poder de me envolver por suas palavras e me fazer refletir sobre o meu próprio cotiano. Então é claro que eu crio enormes expectativas a cada novo lançamento do autor. Normalmente eu sou presenteada com lindos textos descontraídos, emocionantes e que ultrapassam a bendita expectativa. 

Desta vez não posso dizer que me surpreendi, mas também não me decepcionei. Alguns textos se encaixam muito bem na minha realidade, outros me transportam para imaginar como teria sido viver aquela relação, mas alguns me deixaram desconfortável.

Neste livro, ao contrário de outros do autor que eu já li, não encontrei aquele toque de humor em algumas passagens, nem momentos que me fizessem dar um leve sorriso. Ouso dizer que passei por situações onde eu discordava do autor, principalmente quando o assunto eram relacionamentos amorosos. 
Amar é sempre faltar algo.Amar é sempre precisar de algo.Não é uma suficiência, não nos sentimos completos, não nos enxergamos saciados.
Não vejo o amor desta forma, não me sinto assim quando o assunto é amor. Talvez eu esteja sendo chata, pois possivelmente o objetivo de alguns trechos não seja ser realista, mas foram detalhes como estes que me deixaram fora da minha zona de conforto.
Quem ama é possessivo.Quem ama é instável.Quem ama é chato.Quem ama é indignado.Quem ama é implicante.
Mas não posso dizer que todo o livro me causou este estranhamento, longe disso. Em muitos outros momentos a leitura me proporcionou uma ótima experiência e até mesmo algumas marcações de frases interessantes, realistas, motivadoras e reflexivas.

A culpa não ajuda coisa alguma, só traz o medo de viver.
O que eu posso concluir é que esta é uma obra que não me apaixonou, mas também não foi uma perda de tempo.
 


8 comentários

Comentários
8 Comentários
  1. Ainda não conhecia esse livro e nem a editora mas parece que legal.
    Bjus
    Jaque
    www.quebreiaregra.com.br

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o livro, apesar de você não ter achado que foi perda de tempo, fiquei na dúvida entre ler ou não, prefiro aqueles que vão me surpreender.
    Beijos

    www.pincelandobeleza.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Sou doida pra ler esse livro, adoreiii! :D

    www.iathilamarques.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia esse livro, pena que não foi aqueles livros empolgantes e apaixonantes né?
    Mas gostei das frases que você destacou! ♡
    beijos
    Lilica

    ResponderExcluir
  5. A capa é bem linda e me parece um bom livro. A resenha está ótima.
    Beijo

    www.minhavidaporacaso.com.br

    ResponderExcluir
  6. Não sei se leria esse livro. Acho que se começar a discordar do autor, acabo abandonando.
    besitos

    www.blogmeamarro.com

    ResponderExcluir
  7. Bom saber sua opinião. Eu sou apaixonada por livros também. Pena que esse não foi tão empolgante :(

    ResponderExcluir
  8. Que arraso esse livro. Amei esse tema. Você não gostou muito mas pode ser que eu goste, afinal esse tema é mara.

    ResponderExcluir