A garota sem nome

Publicado por 15.2.16


Sinopse: Marina, assim como na história de Mogli, teria recebido ajuda de uma família de macacos-prego, que a criaram por cinco anos. Ela teria aprendido a se movimentar como eles e até a caçar como eles. A vida na selva teria acabado quando caçadores a encontraram e a venderam para um bordel na cidade de Cúcuta. Marina conseguiu escapar e foi adotada por uma família colombiana. Quando tinha cerca de 20 anos, ela viajou para o Reino Unido, onde conheceu o homem que seria seu futuro marido, John Chapman, com quem teve dois filhos.
Autor(a): Marina Chapman | Editora: Record | Compre aqui: Saraiva, Submarino, Americanas

Quando você se depara com um livro que apresenta uma história real precisa estar preparado para tudo, para um mundo sem fantasias e com momentos de crueldade, afinal, o ser humano nem sempre é tão bonzinho. Ao iniciar a leitura deste livro, eu estava pronta para o que viria, aberta para toda e qualquer maldade que poderia ter acontecido com a pequena Marina, aconselho que você faça o mesmo caso opte por conhecer melhor esta história.

Através de uma narrativa fluida, a autora e protagonista, conta ao leitor suas mais remotas lembranças, desde uma vaga recordação sobre seu sequestro, passando pelo aprendizado adquirido com os macacos e chegando novamente à civilização cruel.

Marina não viveu um conto de fadas, tão pouco sabe se seu nome verdadeiro é realmente este, não sabe quem são seus pais, mas considera os macacos como sua família, afinal eles lhe remetem a lembranças de proteção, coisa que os humanos adultos não foram capazes de lhe oferecer.

Família não é apenas o grupo de pessoas a quem você parece pertencer, ou que está mencionado na sua certidão de nascimento, ou até mesmo as pessoas que compartam seu DNA. A família se encontra em qualquer lugar onde você é amada e cuidada. 
Muitas vezes ouvimos relatos de crianças desaparecidas ou que sofreram algum tipo de abuso, mas através das páginas deste livro você conhecerá a história pelo ponto de vista da vítima, que por diversas vezes nem sabia que deveria ser protegida, considerando até que fosse a culpada por alguns atos de maldade praticados por outras pessoas.
Eu tinha desistido de meus anseios de ser parte da aldeia dos homens, e talvez tenha sido uma coisa boa termos sido perseguidos pelos caçadores, porque isso me fez lembrar como a minha própria espécie podia ser fria e cruel.
Fui envolvida pela história de Marina, presa de uma forma que não imaginava que aconteceria. Conhecer as recordações da vítima, bem como acompanhar sua evolução, não somente como personagem, mas como pessoa. Seu amadurecimento, o constante aprendizado e suas diversas descobertas são a chave para agarrar o leitor de tal forma que o torna cúmplice da garotinha e quer protegê-la. 

Uma história com sofrimento, mas com muita força de vontade, muita superação e reflexão. Este é um daqueles livros que eu acredito que todos deveriam ler, fosse para sair um pouco do mundo das fadas da Disney ou simplesmente para refletir um pouco com base na história de outra pessoa.

 


12 comentários

Comentários
12 Comentários
  1. Já havia ouvido falar da História dessa menina em um documentário e achei bem interessante, mas não sabia que tinha um livro.
    Gostei da sua resenha!
    Adorei saber!
    Beijinhos!
    https://dulcineiadesa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. É uma história emocionante, uma menina que foi criada por macacos é uma história fantástica uma superação de vida, Alessandra beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Alessandra. Adorei a resenha e a história da Marina. Realmente família é aquela que nos protege independente de quem for. Irei procurar esse livro quando terminar minhas leituras pendentes. Beijos

    ResponderExcluir
  4. Primeira vez que vejo falar do livro, mas pelo que vi aqui me parece ser uma historia muito emocionante , um livro daquelas historia que te faz querer ler e ler sem parar.. fiquei bem curiosa pra ler

    Beijos, fica com Deus !
    Esmalte & cia

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela resenha, adorei! Por incrível que pareça, ainda não tinha ouvido falar desse livro. Fiquei consternada com a história de Marina, só em ler a sua resenha, imagina lendo o livro. Com certeza um livro que vou anotar para ler... embora a minha listinha ainda esteja pendente. Bjus

    ResponderExcluir



  6. Já tinha lido a sinopse do livro mas nunca me tinha chamado muito a atenção. Mas agora fiquei com vontade de ler.
    Beijinho

    ResponderExcluir
  7. Gostei da indicação, nunca tinha ouvido falar! Gostei das citações, principalmente sobre a família!
    Blog Mulher Virtuosa By Vany

    ResponderExcluir
  8. Que legal, fiquei curiosa até de ver o filme desse livro
    uma história super curiosa
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Gostei MUITO da história.
    Parece ser densa, até um pouco triste, mas deixa uma lição...
    Família é quem está do seu lado, pra tudo.
    Quero ler!

    ResponderExcluir
  10. fiquei curiosa para ler o livro, que história incrível!!!!!

    ResponderExcluir
  11. Fiquei bem interessada nessa leitura, parece uma história comovente, que nos faz refletir sobre nós mesmos ... Adorei a dica Alessandra, cm certeza já anotei o nome ...

    Bjos
    Minda =D

    ResponderExcluir
  12. Oie, tudo bem? Já tinha lido algumas resenhas sobre esse livro e acredito que a premissa é bem interessante. Gostei do enredo e fiquei bem curiosa para ler. Excelente resenha. Beijos, Érika

    - www.queroseralice.com.br -

    ResponderExcluir