Para onde vai o amor? - Fabrício Carpinejar

Publicado por 13.8.15


Sinopse: Em seu novo livro, Carpinejar apresenta 42 textos sobre amor, desilusão amorosa, casamento, divórcio, saudade e outros sentimentos que compõem os relacionamentos. Com toda sua prosa poética, indiscutivelmente poderosa, o autor explica o que se passa dentro do coração do leitor: do encantamento à amargura, da paixão ao desencanto, do companheirismo ao cinismo. Está tudo aqui. Um livro sem igual, de um autor de voz única.
Autor: Fabrício Carpinejar | Editora: Bertrand Brasil

Acho que se você passou pelo blog outras vezes já sabe da minha admiração por este autor, se você ainda não sabia então prepare-se para uma onda gigantesca de elogios aos trabalhos do Carpinejar de agora em diante.

Até então eu tinha lido alguns livros de cunho mais juvenil, com crônicas sobre infância e adolescência. Textos mais adultos do autor eu costumava ler no jornal, mas finalmente tenho em casa um livro do Fabrício com textos que falam sobre o amor, ou melhor, da fossa para a qual o amor nos leva.


Quando o destino fecha uma porta, poderíamos abrir a cabeça e parar de culpar o destino.


Sempre que leio algo deste autor, tenho o costume de sair marcando diversos trechos, acho que pela imagem acima deu pra notar um pouquinho esta minha mania. Eu poderia ter marcado muito mais, mas mantive o controle e escolhi os que faziam total sentido, dentro ou fora do contexto da crônica.

Neste livro o leitor irá se deparar com crônicas que representam os momentos bons e os nem tão bons assim do amor. Como sempre, o autor através de suas palavras conseguiu por no papel aqueles sentimentos pelos quais eu já fui envolvida em alguns momentos da minha vida. Algumas crônicas pareciam conter um pouco de mim e não somente experiências do Carpinejar.

O tempo organiza, mas não define. O tempo esfria, mas não cura. O tempo estanca a hemorragia, mas não cicatriza. O tempo elimina a carência, mas apaga o desejo. O tempo acalma, mas não garante o entendimento. O tempo adia as dúvidas, mas não consolida as certezas. O tempo finge que avançamos, mas não saímos do lugar. O tempo serve para diminuirmos a importância das ofensas, mas não resgata os elogios que não serão ditos.

Criei enormes expectativas e todas foram excedidas, o autor continua com o dom de me envolver, encantar e surpreender. Com certeza indico este livro para todos que buscam uma leitura leve e com trechos que se encaixam no cotidiano ou experiências do leitor.


10 comentários

Comentários
10 Comentários
  1. Eu não conhecia o autor, mas ao ler sua resenha fiquei com muita vontade de conhecer as obras dele.

    sonhoseaventurasdeamor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. A capa é muito bonita! Mas o livro não me chama muito a atenção, quem sabe um dia eu não dê uma oportunidade, mas eu sinto que esse não é o momento certo.

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Achei a capa desse livro linda ♥.
    Ainda não conheço o trabalho do Fabrício Carpinejar, mas pretendo conhecer através desse livro!
    Fiquei bem curiosa para conhecer os textos, já que assim como você muita gente tem adorado esse livro.

    Beijo :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Não sou muito de ler crônicas, mas vejo sempre bons comentários sobre os textos do autor, então esse é um livro que eu lerei, espero que em breve.
    Adorei a resenha!
    Beijos!

    Livros da Jess

    ResponderExcluir
  5. Olá, eu nunca li nada do autor mas tenho muita curiosidade, em especial gostei muito desse livro, eu já gosto muito de crônicas, ainda mais quando se falam de amor!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  6. Oie!!
    Nossa, mesmo não sendo o meu estilo, fiquei com vontade de ler só pela quantia de elogios ao autor.
    Ele deve ter uma maneira bem cativante de escrever.
    Adorei isso!!
    ;**

    ResponderExcluir
  7. Acho que nunca li nada do Carpinejar, mas a fama dele é notória.
    Só vejo elogios para esse livro e apesar de não ser muito fã de crônicas fiquei muito interessada em ler o livro.
    Essa capa é linda.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  8. oi ^^
    só esse livro por ser de quem é já da uma baita expectativa mesmo. gostei da sua opinião e pretendo ler em breve. li pouca coisa do autor, mas não me falta vontade sabe?
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  9. Olá; essa é minha leitura atual; e foi amor na primeira crônica. Estou gostando bastante, é meu primeiro contato com a escrita do autor.

    ResponderExcluir
  10. Ainda não li. Vou ler nas férias.
    Bjks!

    ResponderExcluir