|Resenha| Fuja, coelhinho, fuja - Barbara Mitchelhill

Publicado por 17.4.15

 
Sinopse: Quando o pai de Lizzie recusa-se a lutar na Segunda Guerra Mundial, a polícia vem à sua procura. Para continuarem juntos, Lizzie e seu irmão Freddie acompanham o pai e refugiam-se em uma idílica comunidade chamada Whiteway. Porém, a estadia não dura muito tempo, e a família se vê obrigada a fugir novamente. O inverno rigoroso é apenas um dos obstáculos que tornarão a jornada cada vez mais difícil, e a chance de permanecerem unidos ainda mais distante.
Autora: Barbara Mitchelhill | Editora: Biruta | Onde comprar: Saraiva

Quando vi a capa deste livro logo imaginei que precisaria lê-lo e por se tratar de uma obra da Biruta, eu sabia que a diagramação seria impecável, porém o que realmente me surpreendeu foi a história e a narrativa fluida e envolvente.

A princípio acreditei que por se tratar de uma obra mais juvenil seria uma história mais simples, sem grandes emoções, mas estava totalmente enganada. A autora criou uma atmosfera incrivelmente envolvente e tocante. Sabe quando você se vê tão preso à história e aos personagens que sente medo do que está por vir? Me senti assim em diversos momentos ao ver o sofrimento das duas crianças, ao perceber que o pai delas queria fazer o melhor para a família, mas que por alguns momentos isso causou mais problemas ainda.

Eu suspeitava que encontraria um cenário com tragédias, afinal a Segunda Guerra Mundial era o ambiente, as crianças perdiam seus pais para a guerra e suas mães para as bombas e assassinatos sem motivo, mas não previa que isso seria tão bem abordado ao ponto de me deixar comovida. O leitor não verá uma narrativa forte e cheia de "sangue", mas mesmo sem as diversas mutilações exageradas o sentimento de dor e perda é facilmente passado a quem quer que esteja lendo cada linha desta bela obra.

Sofri em algumas partes como se fosse membro de família, comemorei alguns momentos felizes, por mais curtos que pudessem parecer. Ao concluir a leitura me senti leve, com sensação de dever cumprido, como se minha presença constante tivesse feito diferença. Sei que parece estranho, mas eu realmente fui presa pela narrativa.



13 comentários

Comentários
13 Comentários
  1. A arte da capa é muito bonita e convidativa! Gostei da ilustração no interior também. Livros que retratam cenários da segunda guerra chamam muito minha atenção. Olga, O Menino do Pijama Listrado, A menina que roubava Livros, A espiã são alguns dos meus favoritos. Ah, já leu O Diário de Mery Berg? Vale a pena, eu chorei ainda no começo. Gostei muito da proposta do livro.

    ResponderExcluir
  2. A resenha me fez lembrar do filme A vida é bela. Realmente alguns autores conseguem transformar o que existe de pior na humanidade em poesia, nos faz bailar em cada letra sem retirar o obscuro do contexto.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olhando a capa pensei em algo infantil. Lendo a sinopse pensei "pq uma capa tão fofa pra uma história tão forte?". Acho que vou ter que ler para saber.
    kkk
    Beijos, Fernanda D.
    NovoRomance.com.br

    ResponderExcluir
  4. Que legal! Este livro parece uma graça! =D Eu gosto muito de Juvenis! ;) Fiquei aqui de boca aberta com a capa e com a foto que você mostrou! (= Quero este livro pra mim!!!! Hehehe

    Um abraço!!!

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas não sei se leria por não curtir muito histórias que se passam durante a segunda guerra, mas esse sentimento que fica ao terminar alguma leitura é maravilhoso.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  6. Quando vi a capa, na verdade o título, não me interessei, mas a sinopse me deixou curiosa. No final da sua resenha o interesse já estava instalado, mas não para ser lido imediatamente.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Eu vi esse livro no catálogo da editora e fiquei bem interessada, a capa é linda e a sinopse é bem curiosa, mas ainda não tive oportunidade de ler :/ Agora lendo sua resenha fiquei ainda mais animada com o livro, é bom saber que a autora criou algo envolvente e tocante. Enfim, imagino que esse livro deva ser realmente bem emocionante, por isso com certeza o lerei ;)

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Hey, tudo bem?

    Nem conhecia o livro, mas já me interessei demais. Que bom que mesmo sendo uma história infantil a autora consegue envolver e emocionar o leitor, você me conquistou bem aí. E essa capa é realmente muito linda, adorei os pequenos detalhes dela, além de que a diagramação também parece estar muito legal.

    Beijos,
    Dois Dedos de Prosa

    ResponderExcluir
  9. Nossa adorei a capa do livro e a temática.
    Adoro as obras da biruta e a maneira que eles publicam
    para crianças é toda especial. Chega a dar gosto presentear um filho com
    uma obra tão caprichada dessas.
    Beijos
    Conversas de Alcova ❤

    ResponderExcluir
  10. oi, tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas ele tem todos os elementos que eu gosto: um juvenil com profundidade, abordando problemas familiares, e sociais, uma diagramação incrível, e ainda se passa na época da segunda guerra mundial, rs.
    Adorei a dica
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Ale lindona as publicações da Editora são sempre impecáveis, lendo sua resenha o que me fez decidir ler foi o fato de você ter vivenciado todas as emoções do livro e sair leve com a leitura completa. Amei a capa do livro. Já está indo para lista de leitura. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  12. Oláá
    Eu amei esse novo lançamento e ainda nem li, mas o tema é muuuito atraente e tocante e nossa, essa capa estão tão linda, fazia tempo que não via uma capa assim, então, confesso que já desejo muito, sua resenha está ótima ;)

    http://realityofbooks.blogspot.com.br/
    Catharina
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oiee!
    Nossa sua resenha me surpreendeu pq eu tb achei q era um livro mais infantil, legal saber q a autora criou um universo cheio de emoções, e o cenário da guerra é realmente triste, mas eu amo ler livros com este tipo de cenário. Que diagramação top hein?!
    Bjos!
    Aline Praça
    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir