|Resenha| Insana: meu mês de loucura - Susannah Cahalan

Publicado por 16.3.15


Sinopse: Uma jovem jornalista com uma carreira promissora em Nova York se vê aprisionada em sua própria insanidade com uma doença que nenhum médico consegue diagnosticar. A rotina no jornal onde ela trabalha é substituída por inexplicáveis alucinações, surtos e ataques de paranoia – os mesmos sinais atribuídos a casos de possessão. Poderia se tratar de um episódio de House, mas é a história de Susannah Cahalan, que escreve com impressionante riqueza de detalhes o período de terror em que se transforma em desconhecida para si mesma e seus familiares. Sem poder contar com a memória para escrever sua reportagem mais difícil, Susannah recorre aos próprios rascunhos do período em que esteve doente, além de relatos de médicos, familiares, namorado e documentos para construir um drama psicológico sobre os caminhos misteriosos e assustadores do nosso próprio cérebro.
Autora: Susannah Cahalan | Editora: Belas-Letras | Leia um trecho | Onde comprar: Saraiva

Recebi este livro recentemente como uma cortesia da editora, admito que não sabia muito bem o que esperar da leitura. Encarei como uma surpresa que poderia ser boa ou não, então nada de expectativas para influenciar no meu envolvimento com a obra.

A história é contada pela própria protagonista e autora, isso fez com que eu me empolgasse com a perspectiva de saber um pouco sobre os sentimentos de uma pessoa em "surto". Como é dito logo no início, Susannah não lembra de tudo o que viveu naquele "mês de loucura", então ela precisou da ajuda das pessoas próximas para preencher as lacunas da sua mente.

A ideia de ler algo real sobre uma pessoa com uma doença difícil de diagnosticar, me agradou muito. Por diversas vezes imaginei que este era apenas mais um caso do "Dr House" da TV, então eu recordava que tudo aquilo havia realmente acontecido. Me peguei imaginando como cada uma daquelas situações deve ter sido difícil não apenas para ela, mas para seus familiares.

Para quem não sabe, trabalho em um hospital e vejo diariamente a dificuldade das famílias que lidam com os transtornos psiquiátricos e neurológicos de seus filhos, irmãos, pais, etc, e posso afirmar que o livro foi tão bem escrito que senti como se a Susannah fosse uma das pacientes que atendo.

Gostei bastante da história, da narrativa sem complicações e da protagonista que me cativou mesmo sendo uma "louca". A evolução da doença de Susannah é apresentada ao leitor de forma clara, pude acompanhar o sofrimento da família e a confusão dos médicos que não sabiam o que diagnosticar.



16 comentários

Comentários
16 Comentários
  1. Eis a questão, será mesmo apenas uma doença. Ou é diagnosticado como doença pelo homem, somente pelo seu desespero em anonimar outra teoria mais vivente?
    Sexo, Fraldas e Rock'n Roll

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o livro, mas amei sua resenha ficou tudo muito claro, e quero muito ler esses livro me pareceu bem real,
    Bjus

    ResponderExcluir
  3. Oii, tudo bem?
    Nossa, não sabia que se tratava de uma história real, e não consigo nem imaginar o sofrimento dela e da família...
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  4. Ale assim que vi a sinopse já me interessei, saber que é narrado em primeira pessoa, me deixou ainda mais curiosa para saber mais sobre esse mês da jornalista, o que não deve ter sido nada fácil para ela e seus familiares. Indo já para lista de leitura. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  5. Gosto de histórias reais, acho que por isso compraria o livro.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Q legal!
    Gostei da premissa, preciso ler mais algmas resenhas para reafirmar a decisão de ler este livro!
    Mas parece ser um assunto bem forte né? Gosto de livros assim!
    Vc q lida com este tipo de situação no dia a dia deve ter sido uma leitura bem próxima da realidade!
    Bjos!
    Aline Praça
    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  7. Oii
    Não conhecia o livro e minha nosso é uma história real?
    O livro parece ser muito bom realmente, mas não é o tipo de leitura que eu acompanho, eu prefiro as que fogem da realidade mesmo sabe?

    beijos
    http://livrosetalgroup.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá
    Não conhecia o livro, mas pela resenha deu pra ter uma visão sobre ele e não sei se leria, não parece fazer meu gênero.

    ResponderExcluir
  9. Olá,

    Nossa que livro diferente, acho que leria ele com toda a certeza. Gosto de histórias reais e que fala sobre a dificuldade de lidar com alguma doença. Anotar aqui esse nome.
    Tão bom ir para uma leitura sem nenhuma expectativa e ser surpreendido.

    Beijos.
    Visite: Paradise Books BR

    ResponderExcluir
  10. Oi
    Eu tenho o livro e pretendo ler em breve, sinceramente sou suspeita pois adoro livros que tratam de doenças e coisas do tipo e sua resenha me deixou ainda mais curiosa, que bom que a narrativa ajuda e tudo mais.
    Ótima resenha

    http://realityofbooks.blogspot.com.br/
    Catharina
    Reality Of books

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bom?
    Eu também recebi o livro e até o momento não tinha lido nenhuma resenha da obra. Parece ser uma história bem interessante por falar de uma situação real e palpável. Vou ler em breve e espero ter uma experiência parecida com a sua.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi, não sabia que você trabalhava em hospital, então seu envolvimento foi mesmo grande, ainda mais o livro passando veracidade nos fatos. Eu li muita coisa deste livro por conta do lançamento, acho até que o livro deve ser bom, mas não vou ler no momento.
    Bjs, Rose.
    Fábrica dos Convites

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Eu vi esse livro por ai, mas ainda não li nada sobre ele e confesso que não tinha curiosidade, mas depois da sua resenha fiquei um pouco, achei interessante a história ser contada pela autora e essa doença deve ser realmente difícil, então acho que a história deve ser bem interessante.

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Alê, tudo bem???
    Não tinha conhecimento dessa obra. Que doideira isso que a a autora passou, hein?
    Sinistro!!!
    Beijos, Fernanda D.
    NovoRomance.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oiie, tudo bom?
    Adorei sua resenha, e fiquei com uma grande vontade de ler o livro.
    Acho que ele tem meu estilo kkkk
    Espero poder ler logo!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Olá Alessandra,

    Não conhecia o livro, a sinopse me deixou interessado e sua resenha me deixou muito curioso, não gosto da capa, mas isso é de menos, dica anotada...parabéns pelo blog, seguindo aqui e tem resenha nova no blog...abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir