|Resenha| Morgana e Charles - Giselle Trindade

Publicado por 16.2.15

Sinopse: "A vida não passa de uma oportunidade de encontro de almas e alguns deles acontecem mais de uma vez...." Comandante do exército, braço direito do Rei... Honras que qualquer homem nobre desejaria, mas para Charles eram um fardo terrível e doloroso. Morgana, a bela e gentil filha do Rei da Cornualha, há muito fora tomada por um intenso desejo de vingança e pelo ódio. Duas almas, atormentadas pela dor e pela culpa, ligadas por um elo que transcende gerações, unidas pelas forças de um sentimento fugaz e implacável, do qual não se pode fugir. Mal sabem eles que nasceram para permanecer juntos e que a vida de um estava intrinsecamente ligada à existência do outro. Duas almas, duas vidas... um único destino! Porém, muitas vezes, o passado não pode ser apagado... Uma linda História, envolvente e emocionante, ambientada na Era do Rei Arthur!

Tenho várias paixões e uma delas envolve a lenda de Artur. Não sou nenhuma especialista ou grande conhecedora das diversas histórias que giram em torno da lenda, mas tudo que fale sobre ela acaba me atraindo. Por este motivo, era óbvio que eu me sentiria totalmente atraída por esta obra, afinal, na própria capa já tem um aviso de "leia-me".

Esta obra foca mais no romance e menos nas batalhas. A autora construiu uma história de amor bonita entre Morgana e Charles, mesmo que este romance todo me deixasse um pouco entediada, preciso admitir que a autora fez de tudo para mostrar ao leitor que o intuito era transbordar paixão pelas páginas.

Alguns momentos mágicos são introduzidos perfeitamente na história. Personagens com dons elementais fazem parte do desenrolar da história, alguns eu senti que poderiam ter sido mais explorados.

A autora mescla toda a paixão entre os protagonistas com momentos de tensão e sofrimento, mas eu não consegui me sentir convencida. Apesar de toda doçura, que em alguns momentos me cansava e todas as cenas de sexo que também poderiam ter sido mais controladas, achei que se apaixonaram muito rápido.

Mas nada disso afetou o desenvolvimento da história, tão pouco me causou um incômodo significativo. A narrativa é bem simples, o linguajar dos personagens não condiz com a época em que a história se passa, mas para o leitor que não se importe com este detalhe, provavelmente a leitura fluirá muito bem.

Apenas uma coisa nesta obra me incomodou muito, ao ponto de eu ter que respirar fundo antes de continuar a leitura, vou até transcrever o trecho para ficar mais clara a minha incomodação.

Charles subitamente a levanta da cama e vai em direção à vitrola e uma linda música começa a tocar...

Os personagens podem falar "Baby" e eu consigo continuar a leitura, fazendo de conta que nada aconteceu, mas eu não consegui imaginar uma vitrola tocando séculos antes dela ter sido inventada. Por favor, se eu errei por não aceitar a vitrola durante a época em que o Rei Artur existia, me digam, porque eu realmente quero perder a implicância que adquiri após ler este trecho. Torço para eu ter perdido alguma parte da história, e eles terem dado um salto no tempo. Fiquei até imaginando em qual estúdio foi gravada a música que eles ouviram. 

Outros elementos que não condizem com a época foram introduzidos à história, mas nenhum deles me chocou tanto quanto a vitrola, nem mesmo o chuveiro com água morna.



14 comentários

Comentários
14 Comentários
  1. Oi!!! Gostei da resenha. Não leria o livro, gosto de livros que condizem com a época em que se passam, acho que e fundamental o autor estudar totalmente a época, os costumes locais, tudo 100% para ambientar sua história. Não sei se conseguiria ler um livro assim. Parabéns à você por ter conseguido ler até o fim mesmo depois da parte da vitrola rsrsrs.
    Beijos!!
    Quer falar de livros?

    ResponderExcluir
  2. OI Ale!

    Cena de sexo, mais livros, mais eu, igual a impossivel. KKKKKKKKKKKKKK. Nunca nem tinha ouvido falar desse livro, mas com certeza não vai pra lista de quero ler. Além da premissa fraca que achei, os personagens parecem não ser meu estilo. Não sei porque, mas fiquei com a impressão que a Morgana é meio dramática D: KKKKKKKKKKKKKKK. Essa leitura vou passar. Sem saco pra lero lero romantico.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  3. A capa até que me chamou atenção, bem como a sinopse, mas saber que algumas coisas não condizem com a época em que a história se passa estraga uma pouco meu animo para com o livro.

    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Eu adoro as histórias que são ligadas às lendas de Artur, então o livro chamou a minha atenção! Gostei dos pontos que você abordou, eu também me irritaria (e muito) com uma vitrola antes de ela ter sido inventada! Acho que temos que ser fieis à época que escolhemos para escrever nossa história e nisso, pelo o que vc contou, ficou um pouco a desejar!

    Olá, tudo bem? Comprei esse livro esse mês e estou ansiosa para iniciar a leitura! Não sabia que ele fazia parte de uma série e fiquei feliz em saber, adoro séries!! Sou uma romantica assumida e os romances de época chamam a minha atenção! Acho que tem tudo para me conquistar! Que pena que não tem aquele "fator surpresa", vamos ver se funciona pra mim!! =)

    Beijos,

    Mari
    cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oii, tudo bem?
    Assim como você eu gosto de historias que estão ligadas a época do Rei Artur, eu acredito que é sempre mais envolvente quando ele esta no meio rsrs, e como assim tem uma vitrola e chuveiro de água morna nessa época?

    Eu não sei se esse seria um livro que eu leria agora, mas ele já está na minha lista de desejados.

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi flor,conheci o livro no ano passado e tinha me interessado meeeesmoooo, porque li um livro com o rei Artur também no ano passado e me apaixonado por ele.
    Mas amiga, depois das suas críticas eu não o leria não.Gosto de livros que me convençam a história toda, que me deixem convicta sobre o que estou lendo, e pelo que li na sua resenha esse livro não foi assim. E por ser a história do Artur, eu esperaria menos inovação e menos modernidade.

    Enfim,gostei da sua sinceridade na resenha.

    bjs

    ResponderExcluir
  7. A obra não me atraiu, acho que todo esse enredo não faz meu estilo de leitura.

    Gostei da sua sinceridade na resenha, temos que expor aquilo que gostamos e o que não gostamos, parabéns!

    Abraço,
    Diego de França
    Leitor Sagaz

    ResponderExcluir
  8. Olá... tudo bem???

    Nossa estou passada... já não curto muito o tema, mas essas coisas que não condizem com o tempo relacionado, seria mais proveitoso fazer uma versão mais moderna não?? Enfim.. é uma pena, mas eu acredito que a autora tenha recebido ou está recebendo feedback sobre a história e ela vai amadurecer a leitura... Xero!!!

    ResponderExcluir
  9. Oie, tudo bom?
    Já li algumas críticas sobre esse livro, principalmente relacionadas com o excesso das cenas de sexo. Eu não li muitas obras baseadas na lenda do rei Arthur, mas esse livro não parece ser uma boa indicação para conhecer mais sobre a lenda.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Ale!
    As histórias ambientadas na lenda do Rei Artur chamam minha atenção, também não sou especialista mas gosto. Porém, essa premissa e o fato de que algumas coisas não condizem com a época tiram totalmente minha atenção. Presto mt atenção nos detalhes rs
    Beijos

    Blog Coisas da Juu

    ResponderExcluir
  11. Oi Alessandra,
    Gosto de romances de época, gosto de livros históricos, gosto principalmente de livros que contam a lenda do Rei Arthur, mas é claro que se não vier avisando que se trata de uma versão alternativa, envolvendo o passado com o futuro fica meio complicado ler. Tanto a linguagem quanto a cultura, vestuário tem que ser condizentes com o tempo em que se passa toda a trama. Gostei muito de sua resenha sincera e fiquei surpreso com essas situações no livro.
    bjs

    www.navioerrante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Alê, tudo bem?
    Como você, sou fã das lendas do Rei Arthur e esse livro poderia ter sido bem melhor se a autora tivesse feito uma pesquisa histórica um pouco antes de escrever. Vitrola e Chuveiro de água quente naquela época? Por favor né, meio difícil.
    http://www.ler-e-ser-feliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Eu li o livro porque estava bem curiosa para ler uma lenda Arthuriana. O que mais me incomodou foram as cenas de sexo desnecessárias. E não era exatamente aquilo que eu buscava, sabe? Queria mais um contexto histórico, batalhas, mais sobre a lenda arthuriana e não inúmeras cenas de sexo. Isso me incomodou. A autora tem muito potencial, gostei do texto, mas o livro tem ressalvas

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    É muito chato quando o livro não tem uma coerência.
    Eu já não tinha me interessado pelo livro, com sua resenha então fiquei mais desanimada ainda.
    Pelo que vi só a capa se salvou de tudo.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir