|Resenha| As nínfas do Índico - Jerónimo Jarmelo

Publicado por 23.12.14



Sinopse: Seis mulheres têm em comum o facto de os homens que amam estarem na guerra colonial.Como reage cada uma delas à ausência, à solidão, à ansiedade, ao medo e aos impulsos da sua própria carne? Um Romance, baseado em factos verídicos, recheado de episódios que irão surpreender o leitor, do princípio ao fim. 

Autor: Jerónimo Jarmelo | Editora: Chiado 

Minha primeira experiência lendo uma obra portuguesa e devo dizer que me senti honrada por ter tal oportunidade bem como satisfeita com a escrita, desenvolvimento e e caracterização dos personagens.

Como a própria sinopse deixa clara, a história gira em torno das mulheres que de alguma forma foram atingidas pela guerra colonial. Apesar de ter iniciado a leitura sabendo que se tratariam de fatos verídicos e que aqueles personagens realmente existiram, ou pelo menos a essência de cada um, eu não podia imaginar quão real poderia ser. Parece estranho, mas é verdade. O autor conseguiu conduzir bem os fatos, dando valor para o que aquelas mulheres sentiam, tornando-as mais próxima do leitor, mais verdadeiras.

Eu imaginava que o livro focaria apenas na dor da perda, mas fui positivamente surpreendida e comecei a notar que a vida daquelas mulheres era muito mais complexa. Não havia só a dor da perda, havia também todo o contexto do momento, do lugar, das pessoas próximas, da história que cada uma carregava consigo.

O leitor irá se deparar com personagens fortes, que encontram uma forma de sobreviver e ir atrás do que consideram bom para si, além de momentos de cumplicidade, já que todas tem algo em comum, a guerra! Mulheres apaixonadas, fragilizadas, mas ao mesmo tempo donas de uma coragem de dar inveja. 

Levei mais tempo para ler do que esperava, mas foi devido ao tumulto de final de semestre da faculdade, então acredito que para quem não tiver muitos compromissos a leitura será mais rápida. A composição dos capítulos é curta e breve, mas ao mesmo tempo profunda e envolvente.

Não foi o melhor livro que li na vida, pois não consegui me emocionar da forma como esperava, mas devo admitir que fui surpreendida e gostei muito do que li. Só não dou as cinco corujinhas, pois eu esperava algo mais carregado de emoções, mas devido à ótima criação dos personagens e suas personalidades, queria dar 4,5, mas não posso dividir as corujas...




16 comentários

Comentários
16 Comentários
  1. Oii, tudo bem?
    Não conhecia o autor, gostei de conhecer o livro e acho muito interessante livros baseados em fatos verídicos...
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Ótima resenha, nunca tinha ouvido falar do livro/autor, mas achei interessante a proposta da história. Ainda mais pelo fato de que os personagens realmente existiram, é difícil achar um livro achei, gostei.
    Beijos!

    vicioliteral.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Pelo que vc falou, esse livro me lembrou A Casa das Sete Mulheres, e como adorei essa série, talvez eu goste desse livro... Quem sabe não dou uma chance, né?! :)

    PS: tá rolando um sorteio do livro A Garota que Eu Quero, lá no blog! Pra participar é bem simples: basta ser seguidor! Corre lá!

    http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/2014/11/promocao-ano-novo-livro-novo.html

    ResponderExcluir
  4. Oiee ^^
    Não conhecia esse livro, mas a sua resenha me deixou bastante curiosa para lê-lo, já anotei o nome na minha listinha de desejados :)
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá.
    Nunca tinha ouvido falar desse livro, gosto de ler livros que são fatos verídicos e a história me parece razoável. Se tivesse oportunidade eu leria.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Olá... nunca tinha ouvido falar neste livro mesmo ele sendo português... a narrativa não me chamou atenção... não sei acho que não me identifiquei.... mesmo com a sua belíssima resenha que teve uma exemplificação perfeita de sua leitura.... e como você citou os pontos positivos e mesmo tendo base fatos reais... Mas se eu ganhasse de presente ou encontrasse na biblioteca... leria sem problemas... Xero!!

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Apesar de não conhecer o livro, fiquei bastante interessada. A premissa da história é bastante interessante. Fiquei curiosa para ver como o autor retrata as mulheres e suas vidas, tendo em vista que cada um tem sua própria carga emocional e reage de maneira diferente nas mesmas situações.
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oie, tudo bom?
    Acho que até hoje só li um livro português. Bom, a premissa do livro chamou minha atenção e gostei mais ainda de saber que se trata de uma história baseada em fatos reais. Gosto de histórias que retratam mulheres fortes.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Eu não conhecia esse livro e confesso que não fiquei muito interessada nele, até parece ser um livro bacana, mas não é algo que conseguiu chamar a minha atenção, gostei de ver que o livro narra fatos verídicos, mas não foi o bastante para eu decidir ler o livro :/

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Não conhecia esse livro, acho que nunca li um livro português, que não tenha sido adaptado por alguma editora brasileira.
    A história parece ser bonita, mas acho que é algo que eu não leria no momento.
    às vezes eu também tenho vontade de fragmentar a nota dos livros, rs, mas é complicado mesmo, até porque uso o skoob para manter o registro das leituras e notas.
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Mesmo achado a temática e a sua resenha maravilhosa, este não é o momento para este tipo de leitura, mas quem sabe em breve eu não leia? Adorei os pontos positivos e negativos citados por você.
    Parabéns pela resenha e sucesso.
    http://chuvaelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bom?
    Interessante! Nunca li nada de portugual, e esse é o tipo de história que nos leva a crer que vai ter uma dose bem grande de drama, né? Pena que não foi tudo que você esperava, mas que bom que mesmo assim você aproveitou a leitura :)

    Gabriel - http://umpapoentrepaginas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Também nunca li uma obra portuguesa e seria interessante, assim como você, tornar essa a minha primeira. Eu achei bacana o que o autor abordou. A perda, mas no seu sentido amplo... A perda em relação ao tempo, à pessoa, ao contexto, à história. Eu tenho certeza de que seria uma obra de agradável leitura para mim (rs). Anotei a dica.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem?
    Livros baseados em fatos ou personagens reais são bem difíceis de se escrever, e já li alguns (a maioria biográficos). É um modo interessante e diferente de ver uma pessoa famosa, uma pessoa pública ou histórica, tanto conhecidas ou não. O fato de ser português me deixou curioso, pois a única literatura portuguesa que li foi na época em que fiz vestibular e o que estudei na faculdade. A sua resenha foi ótima e me deixou mais instigado ainda a ler esse livro.
    bjs

    Antonio Henrique Fernandes
    www.navioerrante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Que legal, um livro que veio lá da terrinha, de Portugal! Com certeza deve ser uma experiencia bem legal. Pena que o livro não foi 100% perfeito, mas te tocou de alguma forma.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  16. Bem, mesmo com a tematica peculiar, e as boas críticas, não me interessei pelo livro, não vi algo curioso que me levasse a querer lê-lo, pelo menos no momento, mas gostei de conhecer sua opinião, ficou muito boa.

    Beijos.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir