[RESENHA] Infância Interrompida - Cathy Glass

Publicado por 25.8.14


Autora: Cathy Glass

Editora: Fundamento

Sinopse: Jodie tem apenas 8 anos. Colocada para adoção, violenta e extremamente agressiva, passou por cinco famílias em quatro meses. A última esperança antes que a menina seja levada para uma instituição é Cathy, que vai recebê-la em sua casa. No início as coisas vão mal, muito mal mesmo. Mas, apesar das imensas dificuldades para lidar com Jodie, Cathy não desiste e usa todo o seu amor, paciência e experiência para ajudá-la. E, quanto mais a pequena confia em Cathy, mais esta descobre fatos medonhos sobre o triste passado da criança. Os pais – que deveriam ter cuidado com muito amor de Jodie – são as mesmas pessoas que interromperam sua infância, que acabaram com sua vida. O futuro de Jodie é nebuloso, mas Cathy irá ficar ao lado dela. Até quando puder.

Pensa num livro que faz com que o leitor mergulhe num turbilhão de emoções e se sinta frágil ao mesmo tempo em que deseja ser forte. Por mais que eu esteja "acostumada" com violações de direitos, foi impossível não me surpreender com a história real de Jodie, uma criança que poderia ter sido muito feliz como todas merecem ser, mas que por diversos fatores teria seu desenvolvimento psicológico afetado pro resto de sua vida.

Aparentemente Jodie é apenas mais uma "criança problema" que quer as coisas do seu jeito e caso não o consiga sai quebrando tudo. Repleta de mudanças de humor repentinas com direito a outras personalidades que surgiam para dar "vida" aos sentimentos da menina. Ela podia muito bem assumir o posto de uma criança bem mais jovem que ela, como poderia falar insultos aos que estivessem ao seu redor ao assumir o lugar de um homem mais velho. 

Fiquei sem fôlego em diversos momentos. Foi impossível não sentir o impacto das palavras ditas pela própria criança que não tinha noção da gravidade do que contava, e saber que tudo aquilo realmente foi feito me deixou tensa, sem saber como reagiria se me deparasse com tanta crueldade na minha frente.

Me senti incomodada com a atitude de alguns profissionais que deveriam estar acompanhando o caso da jovem. Quis em muitos momento pedir para que me deixassem fazer algo, além de achar que eu teria me saído melhor que a assistente social que deveria estar junto da criança. A autora não poupa detalhes do que presenciou durante o período em que conheceu e conviveu com a "criança problema", isto pode deixar algumas pessoas incomodadas por não se sentirem prontas para a proximidade com algo tão forte, pesado e angustiante. Realmente é revoltante todo o sofrimento que a menina passou em tão pouco tempo de vida, 8 anos não é nada se comparado ao trauma que ela vai carregar pelo resto da vida, pior ainda é saber que os adultos que deveriam saber proteger aprenderam a colocar seus interesses acima dos de uma criança indefesa.

Eu adorei a leitura, sem dúvida alguma Cathy conseguiu transmitir muito bem o que é ser a guardiã de crianças com as quais a vida não foi tão boa. Gostei de acompanhar o desenvolvimento de Jodie que aos poucos e com muita luta conseguia se manter estável, mesmo que fosse clara a necessidade de continuar um trabalho terapêutico com ela. Apesar de estar carregado de uma temática forte, o livro possuí uma narrativa simples e envolvente. A única coisa que o leitor precisará ter é a capacidade de se manter concentrado, pois em algum momentos eu me perdi em meus pensamentos, tentando digerir tudo o que eu acabara de ler.

Indico para todos que querem sair do mundo do conto de fadas!

13 comentários

Comentários
13 Comentários
  1. Olá Alessandra!
    A premissa deste livro é bem interessante e parece ser de uma leitura bem densa com tantos temas complicados de lidar. Ótima resenha, vou colocar o livro na minha lista de leitura.
    Abraços

    estantejovem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. gente mais que blog mais LINDO é esse ?! me encantou do instante em que eu abrir até o final dos post *-* , parabéns .

    Estou te seguindo aqui e te convido tmb a me seguir.
    http://delineandocomamandy.wordpress.com/
    YT + sorteio de uma naked3 https://www.youtube.com/user/delineandocomaMandy/videos

    ResponderExcluir
  3. Que história impactante. Histórias assim nos fazem pensar nas coisas horríveis que há no mundo. E para as crianças, que são indefesas, ainda é pior. Parabéns pelo novo layout. Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Já percebi que se eu ler esse livro irei chorar rsrs....Amei a sua resenha!
    Bjss!

    http://stylishsgirls.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu sou devoradora de contos de fadas, mas eu amo sair da minha zona de conforto e ler um livro com essa premissa. Esse livro parece quebrar o leitor ao meio e ao mesmo tempo ensinar várias coisas. Gostei de sua resenha e do modo como apresentou a história para nós seguidores. Já tinha visto algumas divulgações dele mas não tinha lido nenhuma resenha, obrigada por me proporcionar o conhecimento dele, anotei para próximas leituras.
    Beijos
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  6. Chorei já na resenha...ai não consigo ler este tipo de livro, mas acho importante você divulgar!
    Precisamos falar de um assunto que é tão delicado, mas que ainda faz muitas vítimas!
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Já fico tensa e me emociono com as histórias fictícias, com as reais eu praticamente perco a estabilidade. Vou anotar esse título para uma futura leitura. Adorei a resenha, de verdade!

    Bjs
    Jéssica Rodrigues
    Blog Lilian & Jéssica

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia o livro e sinceramente, pela capa e sinopse eu não me interessaria por ele nem um pouco, mas lendo sua resenha é impossível não ficar com vontade de ler esse livro!

    ResponderExcluir
  9. Olá Alessandra!
    Essa parece ser uma daquelas histórias que nos fazem pensar e refletir bastante. Parece ser profunda, do tipo que nos incomoda e nos deixa ávidos por querer fazer alguma coisa.
    Me interessei bastante em ler o livro.
    Ótima resenha!
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá, Ale!
    Gostei bastante da premissa do livro! Essa aura de suspense/mistério sempre me instiga a ler um livro, sem contar que ele parece ter ideias muito legais.
    Espero poder lê-lo muito em breve!
    Adorei a resenha!
    Beijos!
    https://cantaremverso.wordpress.com

    ResponderExcluir
  11. Oi, flor!
    Esse livro foi recomendado para mim por uma professora. Eu sou psicóloga e uma das minhas áreas de interesse é o comportamento moral. Claro que isso envolve lidar com o comportamento antissocial em uma perspectiva de prevenção e correção. Infelizmente, a violência é intergeracional e logo percebemos que uma pessoa violenta, em geral, também sofreu abusos.
    Ainda não li esse livro, mas adorei a sua resenha sobre ele! Quero muito lê-lo. Sei que me chocarei com o comportamento da criança protagonista, mas é porque nunca esperamos encontrar em nossa vida uma circunstância assim.

    Beijos, flor!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Gostei da temática, uma leitura intensa, forte e que marca o leitor. Livros assim são ótimos para sair da zona de conforto e realmente fiquei interessada, acho que seria uma boa leitura para mim, estou precisa de algo assim, apesar de ter lido um livro bem intenso semanas atrás, rs.

    Beijos.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  13. Oi.

    Já li este livro e fiquei simplesmente chocada, porque a gente sabe que existe essas coisas, mas nunca pensa na gravidade talvez. Fiquei muito triste e espero que esta garotinha tenha saido desse

    Beijos
    http://www.amorliterario.com

    ResponderExcluir