[RESENHA] O Sincronicídio - Fabio Shiva

Publicado por 17.6.14

Autor: Fabio Shiva
Editora: Caligo
Sinopse: Esta é uma história que vai desafiando o leitor aos poucos, matreiramente, conquistando primeiro sua confiança antes de conduzi-lo a voos cada vez mais altos da imaginação. O SINCRONICÍDIO é um romance policial à sua maneira, que consiste em misturar todas as outras: as refinadas charadas do whodunit são apresentadas em meio a truculentas cenas noir, e o clássico mistério do quarto fechado é servido de modo a atender ao gosto moderno pela escatologia.

Inicialmente acho que preciso deixar claro que em alguns momentos me senti confusa com a história, talvez pelo fato de não ter iniciado a leitura com a mente mais aberta. Eu estava esperando apenas mais um romance policial, mas a obra foi muito além disso, fez com que eu precisasse me concentrar mais na leitura e abrir mais minha mente para os fatos um tanto quanto fantasiosos. Então acho que ficou clara a minha surpresa no virar de páginas.

Hábitos podem ser perigosos. Podem tornar o comportamento de um homem previsível. E o que é possível prever é possível controlar

O autor conseguiu construir uma trama perfeitamente descrita e sem pontas soltas. Quando eu imaginava que algum detalhe seria deixado para trás, eu acabava encontrando as explicações alguns capítulos adiante, ou seja, a narrativa foi muito bem elaborada e escrita. Precisei ler todo o livro para poder compreender o que de fato havia acontecido. Não há brecha para que o leitor adivinhe o final, é preciso encaixar as peças e não deixar que as informações se percam.

Os trechos que envolviam algum tipo de violência, ou até mesmo de envolvimento sexual (Calma, não é um livro pornográfico) tiveram uma descrição muito realista, fazendo com que eu realmente acreditasse no que estava acontecendo, por mais estranho que fosse.

Quer dizer então que eu estou dentro de um livro. Que não passo de um personagem de uma história policial. É nisso que você espera que eu acredite?

Não consegui criar afinidade com os personagens, não que isso seja um problema, pois ao menos não senti vontade de vê-los mortos logo. Todos tiveram um papel importante na história, porém não me cativaram, o que já era de se esperar, pois nesta obra o leitor não irá encontrar mocinhos bonitinhos, ou jovens indefesas que precisam de ajuda, nada disso, prepare-se para encontrar pessoas que estão se envolvendo em situações perigosas, colocando suas vidas em risco. Nada de policial bonzinho que arranca suspiros, o inspetor Teixeira faz mais o estilo de cara durão que não se importa muito com os sentimentos alheios, exceto quando acaba se envolvendo em algumas situações que eu não vou contar por aqui.

Um livro brilhante, que faz o leitor se envolver com a trama para que seja possível compreender os mistérios que rodeiam os assassinatos ocorridos na cidade. Esteja pronto para encarar uma realidade dura que por alguns momentos se torna fantasiosa.

5 comentários

Comentários
5 Comentários
  1. Olá, tô com esse livro para resenhar, será uma de minhas próximas leituras e pelo que li em sua resenha, vou gostar muito da estória :D
    Beijos
    http://interessantedeler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Achei a sinopse bem chamativa, nunca ouvi falar desse autor e nem da obra mas parece ser bem legal. Adorei sua resenha, fico feliz que você gostou.
    Beijos
    Guilherme - http://leituraforadeserie.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá Ale! Tudo bem?
    Confesso que não conhecia o livro e nem o autor, mas pelo que me pareceu o livro parece ser bem interessante e através da sua resenha me fez querer adquirí-lo, para conferir :D
    Beijinhoss
    T.P
    4 You Books

    ResponderExcluir
  4. Eu ando meio cansada desses personagens clichês, que você mencionou na resenha, e de histórias previsíveis.
    Obrigada pela dica de leitura, acredito que "O Sincronicídio " se encaixa perfeitamente a esse meu momento de querer livros menos "romantizados".

    eueminhacultura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá, ainda não conhecia o livro; não é meu estilo favorito mas talvez eu gostasse de ler.
    Gostei da resenha.
    Sorteio do livro "Fahrenheit 451" no blog, participe: petalasdeliberdade.blogspot.com .

    ResponderExcluir