[RESENHA] Inferno - Dan Brown

Publicado por 6.4.14

 
Autor: Dan Brown
Sinopse: Neste novo e fascinante thriller Dan Brown retoma a mistura magistral de história, arte, códigos e símbolos que o consagrou em O código Da Vinci, Anjos e demônios e O símbolo perdido e faz de Inferno sua aposta mais alta até o momento. No coração da Itália, Robert Langdon, o professor de Simbologia de Harvard, é arrastado para um mundo angustiante centrado em uma das obras literárias mais duradouras e misteriosas da história: O Inferno, de Dante Alighieri. Numa corrida contra o tempo, Langdon luta contra um adversário assustador e enfrenta um enigma engenhoso que o arrasta para uma clássica paisagem de arte, passagens secretas e ciência futurística. Tendo como pano de fundo o sombrio poema de Dante, Langdon mergulha numa caçada frenética para encontrar respostas e decidir em quem confiar, antes que o mundo que conhecemos seja destruído.

Sou apaixonada pelos livros do autor, mas tenho minhas preferências para as obras que tenham Robert Langdon como protagonista e isso explica a necessidade que eu tive de ler Inferno e não me arrependo.

Robert está mais uma vez envolto em uma trama da qual não será fácil escapar, todas as reviravoltas características do autor, foram incrivelmente criadas e introduzidas nesta história, fazendo com que o leitor se envolva aos desafios que o protagonista precisa enfrentar para garantir sua integridade física.

Pontos históricos reais são ricamente descritos, e até mesmo para quem não gosta de muitos detalhes, como eu, fica impossível não se deixar levar pela narrativa e imaginar facilmente os locais apresentados. Dante se torna peça chave desta história, e acabei conhecendo mais dele do que eu imaginava que seria possível através de um livro de ficção. Ao concluir a leitura me vi procurando maiores informações sobre o autor da "Divina Comédia". 


O caminho do Paraíso passa pelo centro do Inferno. Dante nos ensinou isso.


Um grande cientista descobre que a população irá extinguir todos os bens naturais se não for controlada, o grande problema é que a única forma de reverter essa situação é diminuir o número de pessoas habitando o planeta, mas como isso será feito? Bom, é preciso ler até a última página para compreender os planos do vilão. Admito que não o vi como uma pessoa terrível, já que seu propósito tinha alguma sentido, claro que os fins não justificam os meios, mas ao contrário de outros livros que eu li, neste o grande vilão não planejava ganhar fama, dinheiro, ou ao menos ter poder, ele só desejava que a humanidade não acabasse juntamente com o seu planeta.


Nada é mais criativo ou destrutivo do que uma mente brilhante com um propósito.

As últimas páginas me deixaram surpresa. Dan Brown conseguiu me enganar sobre a identidade real dos personagens por um bom tempo, além de me fazer acreditar em determinadas situações que ao final o leitor descobrirá que não existiram, calma, respira, isso não é spoiler já que você precisará ler toda a obra para entender do que estou falando.

Não foi o melhor livro do professor de simbologia que eu li, mas sem dúvida nenhuma é um dos que eu terei maior prazer em reler, já que apesar de toda adrenalina e suspense criados, o autor inseriu bons toques de sarcasmo que me fizeram esboçar um sorriso.

- NetJets - Faukman soltou uma risada incrédula. - Robert, nós trabalhamos com edição de livros. Não temos acesso a jatinhos particulares.- Nós dois sabemos que isso é mentira, meu caro. Faukman deu um suspiro.- Está bem, vou reformular. Não temos acesso a jatinhos particulares para autores de livros sobre história religiosa. Se quiser escrever Cinquenta tons de iconografia, aí podemos conversar.

6 comentários

Comentários
6 Comentários
  1. Oi Alê,
    Eu ainda não compre Inferno, mas ouço muita coisa boa sobre ele e gosto da escrita de Dan Brown.
    Ainda está meio salgadinho pro meu bolso, mas quero poder adquiri-lo em breve.
    Pena que você não considerou o melhor, eu gostei bastante de Código Da Vinci e Fortaleza Digital.

    Beijos,
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oie flor!!!

    Ainda não li nenhum livro do Dan, mas parece ser um autor excelente! Apesar que Inferno está me deixando em cima do muro, já vi muitas resenhas positivas, mas também muitas negativas! Não sei se leio ou não... hehehe mas a sua resenha me deixou um pouco curiosa!!

    Beijos!

    Meu Diário

    ResponderExcluir
  3. Também gosto muito dos livros do autor com a preferencia pelos livros que tenham o Robert. O meu preferido é Anjos e Demônios. Eu gostei do livro mas achei que faltou algo. Tipo faltava um montão de paginas para acabar o autor já tinha resolvido o mistério.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  4. A forma como o autor usa dos símbolos e da criatividade para trabalhar suas obras, é incrível. Ele percorre o mundo nesse livro, achei fantástico isso.
    Adorei seu blog, visite o nosso, será uma satisfação. Se gostar e tiver interesse em seguir, só nos avisar que iremos retribuir com muito carinho.
    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso Top Comentarista

    ResponderExcluir
  5. Oie! Estou louca para ler um livro dele! Devem ser maravilhosos!
    Bjs, me segue? eu sigo de volta e comenta por favor nessa resenha ajudaria muito! http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/04/enquanto-eu-te-esquecia.html

    ResponderExcluir
  6. Oi Alessandra!
    Eu tinha muita expectativa para ler "Inferno" porque qualquer livro do Dan Brown faz a gente devorar as páginas, não é? Mas confesso que me decepcionei um pouco. Achei que foi o menos eletrizante de todos os que eu li e que, diferente de "Anjos e Demônios" e do "Código Da Vinci", as coisas não encaixaram com perfeição. Me pareceu que a trama histórica foi forçada no meio da cientifica. Mas ainda quero ler outros livros do autor.
    Beijos
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir