[MÚSICA] Foo Fighters

Publicado por 22.7.13



Foo Fighters
 


Banda americana de Rock, com pegadas no grunge, punk e hard rock. Seu vocalista e líder Dave Grohl se consagrou por quatro anos como baterista do Nirvana. Nesse período desenvolveu uma série de composições não divulgadas, uma forma de preservar a interação do grupo. Em contra partida Dave Grohl gravou algumas demos em estúdio, sendo que algumas canções foram compiladas no álbum "Pocketwatch", lançado com o pseudônimo "Late!", em 1992. Seu primeiro single foi "This Is a Call" foi lançado em junho de 1995, e o álbum de estréia no mês seguinte. 

A banda, hoje é composta por: 
Dave Grohl (Vocal e Guitarra), Nate Mendel (baixo), Taylor Hawkins (bateria), 
 Chris Shiflett (guitarra), Pat Smear (guitarra).

Com 7 álbuns lançados:
 "Foo Fighters" (1995), "The Colour and the Shape" (1997), 
"There Is Nothing Left to Lose" (1999), "One by One" (2002), "In Your Honor" (2005), 
"Echoes, Silence, Patience and Grace" (2007), "Wasting Light" (2011). 

Nate Mandel - Chris Shiflett - Taylor Hawnkins - Dave Grohl - Pat Smear

Após a morte de Kurt Cobain em Abril de 1994, Grohl considerou abandonar a música, mas eventualmente resolveu gravar como "experiência catártica" suas composições. Para manter o anonimato, Grohl escolheu o nome "Foo Fighters" para criar a ilusão de que era uma banda nova em vez de "aquele cara do Nirvana". Para divulgar o trabalho e tocar as músicas ao vivo, Dave Grohl decidiu montar uma banda completa, então Dave Grohl convidou o guitarrista Pat Smear, que era guitarrista na banda "The Germs" e era membro da banda de turnê do Nirvana, e após tomar conhecimento sobre o fim da banda "Sunny Day Real Estate", convocou o baixista Nate Mendel e o baterista William Goldsmith. A banda realizou sua primeira turnê em 1995 abrindo shows para Mike Watt. O Foo Fighters tocou cerca de 190 vezes ao longo de 1995 e 1996.
Show DVD Foo Fighters ao vivo no estadio de Wemblay
Após turnês em 1996 a banda, agora completa, entrou em estúdio em Seattle com o produtor Gil Norton para gravar o segundo álbum, Dave Grohl ficou insatisfeito com a bateria de William Goldsmith, e decidiu regravar completamente a parte da bateria, revoltado William Goldsmith saiu do grupo. O álbum resultante, The Colour and the Shape, foi lançado em 20 de maio de 1997.
Precisando de um baterista, Grohl contatou o baterista de Alanis Morissette, Taylor Hawkins, sobre a possibilidade de indicação de algum músico, para sua surpresa Taylor Hawkins se candidatou para a vaga. Logo após o fim das gravações, Pat Smear anunciou que sairia do Foo Fighters, mas se manteve no grupo tocando em turnê enquanto Dave Grohl não achasse um substituto, em setembro de 1997, em frente a uma multidão de pessoas no "MTV Video Music Awards", Pat Smear anunciou sua saída da banda e introduziu seu substituto, o ex-companheiro de Dave Grohl na banda "Scream", Franz Stahl esse que antes da gravação do terceiro álbum, saiu da banda alegando divergências musicais. A banda resolveu gravar seu próximo trabalho como um trio, em um estúdio construído no porão da casa de Dave Grohl na Virgínia. O álbum "There Is Nothing Left to Lose" foi lançado em 1999, emplacando os singles como: "Learn to Fly" e "Breakout", Durante a turnê desse disco, Chris Shiflett (ex-integrante do grupo punk "No Use for a Name"), entrou para a banda para ocupar a segunda guitarra.


No final de 2001 a banda entrou em estúdio para gravar o quarto álbum, as sessões foram insatisfatórias, levantando tensões entre os integrantes, e eventualmente o grupo resolveu dar um tempo, neste meio-tempo Dave Grohl aceitou se tornar baterista da banda "Queens of the Stone Age", foi após um show em Coachella que Dave Grohl afirmou que poderia ter sido o último com a banda. Então o Foo Figthers resolveu reiniciar o trabalho no álbum, que foi então gravado no estúdio caseiro de Dave Grohl na Virginia em apenas 2 semanas, "One by One" foi lançado em outubro de 2002, com os sucessos "All My Life" e "Times Like These", já em junho de 2005, foi lançado o álbum duplo de estúdio In Your Honor, a banda decidiu organizar pequenas turnês acústicas em 2006, trazendo o ex-integrante Pat Smear no violão, em novembro do mesmo ano a banda lançou seu primeiro álbum ao vivo, Skin and Bones, com quinze faixas selecionadas de três shows acústicos em Los Angeles e um DVD foi lançado logo depois que apresenta faixas não disponíveis no CD. Em setembro de 2007, a banda lançou o álbum "Echoes, Silence, Patience and Grace" pela RCA Records, nesse novo trabalho eles voltam a trabalhar com o produtor Gil Norton, O álbum que teve singles lançados, "The Pretender" e "Long Road to Ruin". Em novembro de 2009, o Foo Fighters lançou a coletânea Greatest Hits, que inclui as músicas de maior sucesso da banda e duas canções inéditas, "Wheels" e "Word Forward", além de uma versão acústica de "Everlong". Após o fim da turnê Dave Grohl iniciou o projeto "Them Crooked Vultures", e em meio à turnê australiana da banda fez planos para o próximo álbum dos Foo Fighters: seria gravado na garagem de sua casa em Encino, com apenas equipamento analógico, o produtor seria Butch Vig - com quem Dave Grohl fizera o álbum mais famoso do Nirvana, "Nevermind". O álbum resultante, "Wasting Light", foi lançado em 2011, marcando o retorno definitivo de Pat Smear para banda. Wasting Light se tornou o primeiro álbum da banda a liderar a parada norte-americana e foi grande sucesso de público e crítica rendendo assim o quarto Grammy de melhor álbum para a banda.

Foo Fighters teve sua primeira apresentação no Brasil durante do Rock in Rio de 2001, onde ficou impressionado com a receptividade e com o fato dos brasileiros conhecerem as músicas, porém a mais marcante passagem da banda no Brasil foi a apresentação no festival Lollapalooza em 2012.

Em outubro de 2012, depois de uma longa turnê mundial, Dave Grohl confirmou que o Foo Fighters entraria em hiato por tempo indefinido, porém... em julho de 2013 onde já se passaram dois anos desde o último álbum, o Foo Figthers anuncia a volta ao estúdio! O baterista Taylor Hawkins, classificou o novo projeto como "fenomenal e incrível", entretanto ainda não foi divulgada uma data certa para lançamento do novo disco. Acredita-se que ao final de 2013. Foo Fighters já tem 12 milhões de discos vendidos em todo o mundo!

Músicas empolgantes e com energia, assim podemos descrever os shows do Foo Figthers, seus clipes na grande maioria com uma boa dose de humor, onde os próprios músicos são verdadeiros atores, um dos grandes diferenciais da banda 

2 comentários

Comentários
2 Comentários
  1. Foo Fighters... O som dos caras é realmente muito bom!
    Uma das minhas bandas favoritas ;)
    I love "Best of You"... It's my favorite song ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita Max !

      Também é uma das minhas favoritas, não gosto muito das bandas gringas atuais
      mas Foo Fighters é a que eu mais curto !
      Dave Grohl com certeza fica muito melhor como vocalista, do que de baterista!

      Excluir